Você está em: Início » votos de casamento do filme para sempre

Para Sempre

Livros no Cinema por

Para conferir a resenha do livro "Para Sempre - A história que inspirou o filme", clique aqui.

Para Sempre
The Vow - 2012

País: EUA
Gênero: Drama, Romance
Direção: Michael Sucsy
Roteiro: Abby Kohn, Jason Katims, Marc Silverstein, Michael Sucsy
Elenco: Rachel McAdams, Channing Tatum
Duração: 104 minutos
Compre:  DVD*  Blu-Ray*
*A compra pode gerar comissão ao blog.
NOTA GERAL: 1 estrela

No filme Paige e Leo são completamente apaixonados um pelo outro e se casam numa cerimônia linda o que rende ótimas cenas iniciais. Logo depois eles sofrem um acidente e ela perde a memória não lembrando quem ele é e muito menos que é casada. Ele então tenta reconquistá-la para que os dois possam ser novamente o casal apaixonado e feliz que costumavam ser.

Esse resumo acima é a única coisa em comum entre a história real/livro e o filme. Daí pra frente as coisas tomam outro rumo o que, ironicamente, fez o casal do filme parecer mais real que o da realidade. O filme tem belas frases de efeito, romance e até questões familiares, mas o que me agradou mais foi a evolução pessoal de Paige que, apesar de ter perdido a memória, acabou revivendo tudo o que a fez amadurecer outra vez.

A química entre os atores é boa, nada excepcional, mas o filme tem um tom agradável e eu não me importaria de assistir outras vezes. Se você procura um romance pra passar o tempo, pode ser uma boa escolha. Mas se quer uma história intensa ou até mesmo conhecer o casal da vida real, sugiro que procure outra forma.

  • Porque gostei mais do final do filme que da história real:

SPOILERS ABAIXO. Leia tudo »




Em:

Escrito por

  

Para ler minha opinião sobre o filme, clique aqui.

Esse livro é sobre uma história real, portanto se você pretende lê-lo sem saber nada sobre ela, essa resenha contém spoilers.

Quando eu soube que o filme contando a história de Kim e Krickitt Carpenter seria lançado, eu corri pra internet pra saber o que havia de tão interessante nessa história real que valia um livro e um filme. Muitos artigos de jornais e entrevistas depois, eu já sabia de cor tudo o que acontecera com o casal e só me faltava mesmo ler o livro escrito por Kim Carpenter, o marido que teve que reconquistar a mulher de seus sonhos depois que um acidente mudou tudo para sempre.

Para Sempre - A história que inspirou o filmeThe Vow

Nos EUA existe também uma versão com a capa do filme. No Brasil só existe essa.

Pra quem não conhece a história do casal, vamos lá. Kim era treinador esportivo e ao ligar para um loja em outra cidade para comprar artigos esportivos, foi atendido ao telefone por Krickitt e ficou logo encantado com seu bom humor. Muitas horas de conversa ao telefone depois (na época não existiam e-mails ou SMS), eles decidiram se encontrar pessoalmente e, sendo extremamente religiosos, não deixaram que nada acontecesse entre eles. Pouco tempo depois se casaram com o apoio dos pais de Krickitt. Dez semanas depois da cerimônia, eles sofreram um acidente de carro e ela perdeu a memória dos dois últimos anos de sua vida, ou seja, ela não fazia a menor ideia de quem ele era e muito menos de que era casada. Ele, ainda completamente apaixonado, deu continuidade à relação, e ela também quis manter os votos feitos no casamento, apesar de não ter nem uma lembrança de Kim.

Bem, apesar de um pouco extenso, esse é só um resumo e você pode encontrar a história deles em qualquer site de jornal americano. Talvez a imprensa brasileira comece a se interessar pelo casal, dado o lançamento do livro e do filme, mas todos os artigos que li sobre eles foram em inglês. A única diferença desses artigos para o livro é que aqui a história não é contada por um jornalista e sim pelo próprio Kim que numa narrativa em forma de depoimento, conta como o casal se conheceu e a profundidade de seus sentimentos que o fizeram levar o casamento adiante apesar de todas as dificuldades.

A história como livro é válida, pois só temos a visão de Kim que é um marido devoto e apaixonado por sua mulher até hoje. Embora a narrativa em forma de depoimento de revista, não seja uma das minhas formas preferidas de leitura, é interessante ver a história pelo ponto de vista de quem realmente a viveu. Porém, eu que já tinha lidos diversas entrevistas com Krickitt inclusive, me senti incomodada porque o livro soou como um conto de fadas onde o amor reina absoluto e na vida real não foi bem assim. Ela jamais recuperou a lembrança desses anos perdidos e nem dos seus sentimentos por Kim. Em uma entrevista recente que li com o casal no Daily Mail ela afirma que “Eu sei que é o que todos querem ouvir, mas não foi isso que aconteceu,” ela diz com uma honestidade brutal. “Meu coração não bateu acelerado; eu não me senti flutuando. Eu adoraria ter sentido isso, mas não é a verdade – eu escolhi amá-lo”. Sim, eles continuam casados, tem filhos juntos e tudo mais, mas fica claro pra mim que nessa história a vontade de manter os votos pesou mais que qualquer coisa que ela sente por ele.

Um dos comentários de leitores nessa mesma entrevista resumiu bem meu pensamento sobre essa história:
Provavelmente é assim que as pessoas num casamento arranjado devem se sentir – você casa com alguém que não conhece e torce para ter muitas coisas para amar na pessoa, mas tem que descobrir isso depois e se forçar a amar… Essa história mostra também que as circunstâncias importam muito, já que ela não se apaixonou automaticamente por ele na segunda vez. Provavelmente “alma gêmea” não é só um monte de características e méritos, e sim o “momento certo“”.

O filme estreia no Brasil em 13 de abril 8 de junho desse ano.

Kim e Krickitt Carpenter da ficção à esquerda e da vida real à direita.

 

E aí, você quer ganhar um kit de “Para Sempre”? Já que ainda estamos comemorando os 2 anos do blog, você vai ter a chance de concorrer a um!

#Sorteio Siga @euleioeuconto e @Novo_Conceito, dê RT nessa mensagem e concorra a um kit de PARA SEMPRE http://kingo.to/10ay

Boa sorte ;)

 

UPDATE:
Depois de TANTA gente cair aqui no blog procurando pelos “Votos de casamento do filme Para Sempre” resolvi acabar com a agonia de vocês e colocá-los aqui. Espero que gostem ;)

 




Em:

Escrito por