Você está em: Início / Tag / The Marvelous Mrs Maisel

Melhores e Piores Séries de 2017

Por 17774 Acessos

Essas são as melhores e piores séries que vimos em 2017, não necessariamente lançamentos do ano.

Melhores

CAMILA: (Resenha) Esse ano foi de Doramas para mim. Assisti poucas séries e as que vi não foram tão boas quanto eu esperava (Hello, Stranger Things). Já falei tanto dessa série aqui que agora quase não tenho mais o que dizer. É sobre uma médica e um soldado que entram em conflito por causa do antagonismo de suas profissões e que quando são enviados para o mesmo lugar precisam repensar a forma como enxergam a vida. É clichê, é maniqueísta e é apaixonante. Esse foi um ano em que abusei de coisas doces e essa série está no topo das coisas doces do ano.

Leia tudo »

The Marvelous Mrs. Maisel

Por 3773 Acessos

The Marvelous Mrs. Maisel

Minha Classificação:
The Marvelous Mrs. Maisel - 2017 The Movie DB
de Amy Sherman-Palladino
Status: 1 temporada (renovada)
Episódios vistos: 1
Elenco: Rachel Brosnahan, Alex Borstein, Tony Shalhoub, Marin Hinkle
Gênero: Drama, Comédia
Canal Original: Amazon
Canal no Brasil: Amazon
Duração do Episódio: 57 minutos

Essa sinopse tem leves SPOILERS apenas do primeiro episódio, mas se não quiser saber, pode pular esse parágrafo.
No final dos anos 50, Midge Maisel é a esposa e mãe perfeita: sempre com cabelo, roupa e maquiagens impecáveis e sempre disposta a cozinhar o que for preciso para que o marido consiga uma vaga para sua apresentação de stand up num clube de Nova Iorque. O marido sonha em ser um comediante de sucesso, mas ele não tem a menor graça, enquanto Maise é engraçada mesmo quando não está tentando ser. Claro que isso se torna um problema no casamento deles, mas também desperta em Maise a descoberta de um sonho que ela nem sabia que tinha.

Desde o revival de Gilmore Girls em novembro do ano passado eu estou profundamente decepcionada com a Amy Sherman-Palladino, tanto que o Piloto de The Marvelous Mrs. Maisel estava disponível na Terra desde março e só agora me convenci de que valia a pena dar uma chance. A série se passa nos anos 50, então na primeira metade do episódio eu fiquei muito nervosa com a forma como a Midge estava sendo retratada, mas tudo o que me incomodou acabou tendo um propósito para a segunda parte do episódio e – acredito – para o restante da série. Gostei tanto de tudo que estou quase esquecendo as quatro últimas palavras de Gilmore Girls. Quase.

A protagonista, assim como as de Gilmore Girls e Bunheads (e como a própria Amy Sherman, diga-se de passagem), é extremamente engraçada e fala super rápido. Com essas características não sei porque levou tanto tempo para que uma dessas personagens fosse comediante stand up. Quando eu li a sinopse e vi que a série era sobre isso, fez tanto sentido na minha cabeça que eu sabia que ia dar certo. A escolha de fazer dessa uma série de época também foi muito acertada porque a caracterização da década está perfeita, tanto no ambiente quanto no figurino. Além disso é muito legal ver como as coisas que acontecem a Midge, que hoje são comuns, eram um problema enorme para a sociedade há tão pouco tempo. Dá para ver como algumas coisas evoluíram, mas sem deixar de notar que muitas outras continuam iguais.

O piloto, apesar de ter quase uma hora de duração, passa bem rápido e consegue apresentar bem os personagens e a vida deles, além de deixar tudo acertado para que a série continue durante as próximas duas temporadas. Isso mesmo, a série nem estreou oficialmente ainda e já foi renovada para duas temporadas. É a primeira vez que a Amazon renova uma série por duas temporadas de uma vez só. YOU GO GIRL. A estreia oficial está marcada para 29 de novembro na Amazon Prime (não sei se vai estrear também no Brasil).