Você está em: Início / Tag / The Best Of Adam Sharp

Melhores e Piores Livros de 2017

Por 17600 Acessos

Essa é a nossa lista de melhores e pior livros de 2017. Não necessariamente lançamentos do ano, mas livros que lemos neste período.

Melhores

Camila

O Ano em que Disse Sim – Ler Shonda foi maravilhoso de uma forma que eu não esperava, ela é engraçada e espirituosa e sua narrativa te prende e vai te ganhando ao ponto de você pensar que também deveria fazer um ano do sim, para se desprender e se libertar de velhos paradigmas. É uma narrativa poderosa sobre retomar as rédeas da vida e se permitir fazer as coisas que antes assustavam. É definitivamente um livro que vai ser relido.

Fúria Vermelha – Apesar de estar na minha estante há muito tempo foi apenas esse ano que resolvi ler e fui surpreendida pela história, não esperava gostar tanto como gostei. A mistura de distopia, mitologia e ficção científica deu muito certo e conseguiu explorar bem todos os elementos dessa construção. O ritmo da narrativa é rápido, cheio de ação e reviravoltas, um ótimo começo de série.

Menções Honrosas: Corte de Névoa e Fúria, Outros Jeitos de Usar a Boca

Leia tudo »

The Best of Adam Sharp

Por 6163 Acessos

The Best of Adam Sharp

Minha Classificação:
The Best of Adam Sharp goodreads
de
Publicação: em 2017
Gêneros: ,
ISBN: 9781250130402
Título Original: The Best of Adam Sharp
Páginas: 352
Nível no Idioma Original: Intermediário
Lançamento no Brasil: Sem Previsão
Compre em lojas confiáveis:
amazonkindle
A compra pode render comissão ao blog.

O livro é dividido em duas partes (passado e presente) então para ninguém dizer que estou dando spoilers, vou fazer um resumo baseado na sinopse oficial. Adam Sharp tem 50 anos, trabalha com TI e é pianista nas horas vagas. Há mais de duas décadas ele conheceu Angelina, uma atriz australiana, por quem se apaixonou perdidamente. Mesmo tantos anos depois ele ainda não consegue parar de pensar nela. Quando seu relacionamento atual já está por um fio ele recebe uma mensagem de Angelina e tem que decidir o que fazer.

“Minha vida emocional era toda sobre a Angelina, e tem sido por um tempo, certamente desde a ligação pelo Skype, e sem dúvidas desde que eu ouço músicas pensando nela. Eu estava decepcionando Claire e eu mesmo ao deixar este relacionamento continuar.”

Eu sou facilmente seduzida por sinopses, essa então com um título que me lembra música e um pianista, não poderia ter passado batido pela minha vida. O coração apaixonado por Alta Fidelidade chega a bater mais rápido nessa hora. Apesar de eu não ter sido muito feliz com O Projeto Rosie, o primeiro livro que li do autor, resolvi dar uma chance a The Best of Adam Sharp só por esses motivos. E, sem surpresa nenhuma, eu não fui feliz de novo.

A história em si não é de todo ruim, mas teve uma falha enorme pra mim: pessoas que se amam porque sim. O tempo todo o autor enfatiza como o Adam ainda ama a Angelina e passa metade do livro mostrando o relacionamento deles de 20 e tantos anos atrás e realmente foram dois personagens que se divertiram muito juntos. Mas eles se amaram por que mesmo? Em uma história onde o amor entre duas pessoas é o tema maior, eu preciso saber o que essas pessoas tem de tão especial uma para a outra para entender e até torcer por elas. De amor infinito gratuito já basta os livros do Nicholas Sparks.

O propósito da história, que é resolver um amor mal resolvido, é válido e eu gostei muito, apesar da solução também ter sido simples e sem conflitos. Realmente não dava pra esperar muito dado o problema que eu citei no parágrafo anterior.

“O que estava faltando na minha vida? O que estava me prendendo?”

Como ponto positivo eu aponto apenas a trilha sonora recomendada pelo autor para ser ouvida durante a leitura. Os personagens mencionam diversas músicas da playlist (que está disponível no Spotify e no Deezer) que está recheada de músicas boas que vão de The Beatles a Cher. A lista das músicas pode ser encontrada aqui.

Eu percebo que falei mais mal do que bem do livro e mesmo assim dei 3 estrelas para ele, mas foi uma pela capa, uma pela trilha e outra pela ideia. Eu realmente queria muito ter gostado, os elementos necessários estavam todos lá, mas infelizmente a criação dos personagens e desenvolvimento da história passaram muito longe de algo que pudesse realmente me agradar.

#50: The Best of Adam Sharp, Graeme Simsion

Por 4951 Acessos

The Best of Adam Sharp

The Best of Adam Sharp goodreads
de Graeme Simsion
ISBN: 9781250130402
Compre em lojas confiáveis:
amazonkindle
A compra pode render comissão ao blog.

Primeira frase da página 100:
"O problema era ela constantemente deixando Angelina mal."

Do que se trata o livro?
Adam Sharp há muitos anos teve um amor mal resolvido com Angelina. Hoje, apesar de estar na mesma relação há anos com a Claire, ele ainda se vê preso à garota que deixou pra trás. Quando Angelina entra em contato por Skype e os dois começam a conversar, ele começa a questionar sua vida as decisões que tomou até agora.

O que está achando até agora?
Do Graeme Simsion eu já tinha lido O Projeto Rosie e não tinha planos de ler outras coisas dele. Mas quando a sinopse de The Best of Adam Sharp surgiu na minha vida eu sabia que precisava ler. Me lembrou de Alta Fidelidade (porque tem esse nome que remete à música e tem uma playlist que o autor sugere que seja ouvida ao longo da leitura) e era tudo o que eu precisava no momento. Empaquei no começo da segunda parte (57%) mas ainda acho que é tudo o que eu preciso no momento só não sei se estou pronta.

O que está achando da personagem principal?
O Adam gosta de umas músicas boas né, mas não sei, ele é meio sem graça. Acho que é só o jeito do autor escrever mesmo porque os personagens dele (que eu já li, claro) tendem a ser meio mais ou menos.

Melhor quote até agora:

"Se existe uma conversa na minha vida que eu queria ter de novo, mantendo os sentimentos mas mudando as palavras, seria essa. Porque, ao mesmo tempo em que declaramos nosso amor um pelo outro, nós garantimos que estava condenado."

Vai continuar lendo?
Quando estiver pronta vou. Eu já li o final, já sei o que acontece e por isso mesmo sei que não consigo por enquanto. Mas pretendo.

Última frase da página:
"Meu pai talvez não tivesse se importado, mas minha mãe sentiria vergonha de mim."

OBS: Estou lendo esse livro em e-book então na verdade não tirei as informações da página 100 e sim da posição 30% do livro no meu Kindle.