Você está em: Início / Tag / Sherlock

Melhores e Piores Séries de 2017

Por 17782 Acessos

Essas são as melhores e piores séries que vimos em 2017, não necessariamente lançamentos do ano.

Melhores

CAMILA: (Resenha) Esse ano foi de Doramas para mim. Assisti poucas séries e as que vi não foram tão boas quanto eu esperava (Hello, Stranger Things). Já falei tanto dessa série aqui que agora quase não tenho mais o que dizer. É sobre uma médica e um soldado que entram em conflito por causa do antagonismo de suas profissões e que quando são enviados para o mesmo lugar precisam repensar a forma como enxergam a vida. É clichê, é maniqueísta e é apaixonante. Esse foi um ano em que abusei de coisas doces e essa série está no topo das coisas doces do ano.

Leia tudo »

Sherlock

Por 4806 Acessos

Para conferir a resenha do livro "Um Estudo em Vermelho – Sherlock Holmes 1", clique aqui.

Sherlock

Minha Classificação:
Sherlock - 2010 The Movie DB
de Steven Moffat
Status: 4 temporadas (renovada)
Episódios vistos: 12
Elenco: Mark Gatiss, Una Stubbs, Benedict Cumberbatch, Rupert Graves, Amanda Abbington, Martin Freeman
Gênero: Crime, Drama, Mistério
Canal Original: BBC One, Public Broadcasting Service
Duração do Episódio: 90 minutos
Compre em lojas confiáveis:
submarinoamericanasshoptime
A compra pode render comissão ao blog.

Sherlock Holmes é um “consulting detective”, isto é, ele é consultado pela Scotland Yard quando os detetives da força policial não dão conta do trabalho (mas também trabalha como detetive particular em raras vezes). O problema é que ele é um sociopata muitíssimo inteligente, portanto tem uma péssima relação com todos ao seu redor por ser inteligente demais e se achar superior aos reles mortais. E o Dr. John Watson, um veterano da guerra do Afeganistão, o conhece por um acaso e vai dividir o apartamento com Sherlock, mas acaba dividindo também a investigação dos crimes de seu amigo. É a adaptação das obras de Sir Arthur Conan Doyle para o século XXI!

Por mais que seja uma grande amante de livros, ainda não tirei um tempinho para ler as aventuras de Sherlock Holmes, mas confesso que estava ansiosa para assistir Sherlock há um tempinho. Gosto muito de séries britânicas e e inclusive já assisti Elementary, outra série baseada nas obras de Sir Arthur Conan Doyle, porém não me prendeu a ponto de acompanhar até hoje. Penso que Sherlock será diferente porque oh meu Deus essa série! O roteiro é tão maravilhoso que mantém a gente na ponta do assento do começo ao fim do episódio, o que, digamos de passagem, é um trabalho incrivelmente bem feito porque um episódio tem uma hora e meia de duração! Isso é porque são apenas três episódios por ano, e já aconteceu de a série ficar três anos em hiato (muito muito triste). E é tudo tão bem escrito, desenvolvido e atuado que o episódio passava e ficava com aquela sensação de “já acabou?”. A fotografia da série é linda, o figurino é super plausível e os casos – que são divididos por episódios – são muito interessantes e complexos, tanto que eu me pegava espremendo o cérebro para saber quem foi que fez o quê, mas apenas descobria junto com Sherlock e Watson.

É meu rosto…?

Nem preciso dizer que o grande destaque de Sherlock está nas interpretações né?! Benedict Cumberbatch garantiu seu lugar em Hollywood porque de fato, é um ator excepcional. Ele encarna tão bem o inteligente insuportável sociopata meio maluco e completamente sem noção que às vezes até eu rolava os olhos para ele. Amo como Benedict consegue seguir o raciocínio não linear de Sherlock, como ele fala super rápido que quase ninguém acompanha e as caras que ele faz! Já Martin Freeman (mais conhecido como Bilbo Bolseiro) é um Watson nada passivo, super inteligente, muito (muito muito muito) fofo e que é praticamente a parte “humana” de Sherlock. A sintonia dele com Benedict é sensacional a ponto de um parecer a extensão do corpo do outro. Junte isso tudo com outros mil atores competentes e você vai ter a adaptação icônica que é Sherlock.

Gracinha <3

Confesso que em momento algum houve suspensão da crença por minha parte e me emocionei demais com tudo que acontecia com todos os personagens (o fim da segunda temporada me arrancou inúmeras lágrimas). E olha que legal: dá para ler o blog do Watson na vida real! Se você sabe inglês e se interessou ou gosta da série, clica aqui para acessar. Ah, o Benedict e o Martin atuaram juntos de novo em O Hobbit: A Desolação de Smaug e na internet tem vários vídeos das coletivas de imprensa e tapetes vermelhos em que o Martin zuava o Benedict, ou seja, muito amor por esses dois e por essa série! Super recomendo, porque além de ser a adaptação perfeita, dá para fazer maratona em um dia só na Netflix e é uma obra com dinâmica única, que envolve o espectador – sinto que virei fangirl (inclusive me encontro loucamente apaixonada pelo Martin Freeman nesse momento).

Top 12 – Ser ou Não Ser

Por 10165 Acessos

Sabe quando você tá vendo aquela série maravilhosa (olá, Breaking Bad) ou lendo aquele livro maravilhoso e se depara com um personagem tão parecido com você que o seu desejo é gritar “meu personagem favorito, ninguém sai” seguido de um “Juliana está D E S M A I A D A”? E sabe quando você vê aquele personagem que você despreza tanto que se pergunta por que cargas d’água alguém criou um ser tão desprezível? Pois é querido leitor, nós do EL dividimos do mesmo sentimento.

CIBELE

lorelai-gilmore-girls-poster(queria) Ser: Dentre todos os personagens dessa ficção maravilhosa, minha pessoa favorita é Lorelai Gilmore de Gilmore Girls. Ela é maravilhosa, tem um humor único, é uma ótima mãe, amiga, tem o melhor gosto do universo pra filmes, apaixonada por boa música, é viciada em café, ama comidas não saudáveis, etc etc etc. A vida dela não é exatamente fácil, mas ela tem força pra correr atrás do que quer. Isso pra mim já basta pra querer ser ela pra ontem.

Leia tudo »