Você está em: Início / Tag / Big Little Lies

Melhores e Piores Séries de 2017

Por 17784 Acessos

Essas são as melhores e piores séries que vimos em 2017, não necessariamente lançamentos do ano.

Melhores

CAMILA: (Resenha) Esse ano foi de Doramas para mim. Assisti poucas séries e as que vi não foram tão boas quanto eu esperava (Hello, Stranger Things). Já falei tanto dessa série aqui que agora quase não tenho mais o que dizer. É sobre uma médica e um soldado que entram em conflito por causa do antagonismo de suas profissões e que quando são enviados para o mesmo lugar precisam repensar a forma como enxergam a vida. É clichê, é maniqueísta e é apaixonante. Esse foi um ano em que abusei de coisas doces e essa série está no topo das coisas doces do ano.

Leia tudo »

Três Séries Estreantes da Semana

Por 3811 Acessos

Big Little Lies

Big Little Lies conta a história de três mães que se aproximam quando seus filhos passam a estudar juntos no jardim de infância. Até então, elas levam vidas aparentemente perfeitas, mas os acontecimentos que se desenrolam levam as três a extremos.

Antes de saber do que se tratava a série eu já fiquei interessada só pelo elenco (olhando a foto que coloquei aqui já dá pra perceber o motivo), mas não vou negar que mesmo com outros atores eu ia acabar assistindo pela sinopse. A história é baseada no livro de mesmo nome, que pretendo ler mas ainda não li, e o piloto foi muito bom em construir uma base de mistério porque teve muitas perguntas e nenhuma resposta. Claro, algumas coisas já dá pra chutar, mas outras, como por exemplo quem morreu no assassinato da primeira cena é algo que ainda vai ser respondido mais a frente. Eu tenho palpites, mas também tenho a impressão de estar muito errada.

Crashing

Crashing, série criada por Judd Apatow (Love, Girls) e pelo comediante Pete Holmes, que também estrela a produção. Crashing é livremente baseada na vida de Pete Holmes, um comediante que passa a se dedicar a escrever HQs depois que sua esposa o abandona. O ex-apresentador da TBS assina a produção executiva da série com Judd Apatow.

Descobri que essa série existia ao ver o trailer uma semana antes da estreia. Tinha tanto comediante legal (alô Sarah Silverman) que na mesma hora eu já anotei para não esquecer de ver. Eu queria ter gostado da série, mas o primeiro episódio foi bem ruim, passou bem longe do meu tipo de humor, sinceramente não tenho nenhuma intenção de continuar vendo.

The Good Fight

Dos criadores Robert King e Michelle King, The Good Fight é o spin-off da aclamada série The Good Wife. Estrelada por Christine Baranski e Cush Jumbo, que reprisaram as personagens Diane Lockhart e Lucca Quinn, The Good Fight conta a história um ano após os acontecimentos da series finale de The Good Wife, no qual uma enorme fraude financeira destruiu a reputação de uma jovem advogada, Maia, ao mesmo tempo acabando com toda a poupança de sua mentora Diane Lockhart, forçando-a a sair da Lockhart & Lee e se juntar a Lucca Quinn em outro escritório de Chicago.

Esse é o spin-off da minha querida The Good Wife que pode ter outra protagonista, mas continua perfeita. Assim como a série anterior, o primeiro episódio já traz uma grande crise na vida da personagem principal que faz com que ela vire o assunto dos EUA enquanto tenta se virar começando na carreira de advogada. As personagens fixas e recorrentes da série anterior estão de volta, mas caso você queria ver The Good Fight antes, até pode, você só não vai vibrar com o fan service do mesmo jeito que eu, mas o entendimento da série vai ser o mesmo (pelo menos no que aconteceu até então).