Six Feet Under

por • 3431 Acessos

Six Feet Under

Minha Classificação:
Six Feet Under - 2001 The Movie DB
de Alan Ball
Status: 5 temporadas (finalizada)
Episódios vistos: 63
Elenco: Peter Krause, Michael C. Hall, Frances Conroy, Lauren Ambrose
Gênero: Drama
Canal Original: HBO
Canal no Brasil: HBO, SBT
Duração do Episódio: 50 minutos

Assim que eu acabei de ver Dexter, o pior Series Finale de todos pra mim, decidi começar Six Feet Under que, além de ser com o Michael C. Hall também, é considerado o melhor Series Finale de todos os tempos. Eu só não esperava 1)concordar que sim, é um dos melhores finais de série e 2)ter minha vida mudada para sempre.

Six Feet Under (ou A Sete Palmos como foi chamada  no Brasil), assim como o título sugere, trata de morte. Durante as cinco temporadas acompanhamos a família Fisher que cuida da funerária depois que o patriarca morre num horrível acidente logo nos primeiros minutos do episódio inicial. E todo episódio é assim, começa com a morte de alguém que de alguma forma vai afetar os Fisher, seja pessoal ou profissionalmente. Além disso acompanhamos a vida das personagens numa das melhores narrativas que já tive a oportunidade de acompanhar. Alan Ball, o criador da série, é também o “criador” de True Blood e roteirista de Beleza Americana (que também lida com vida e morte).

Dito isso, eu não sei como explicar para você o quanto essa série mexeu comigo. Eu não se foi pelos personagens imperfeitos que parecem as pessoas que eu conheço, se foi pelo temas abordados, se foi pela ausência de tudo dando certo o tempo todo. Eu não sei. Mas com certeza eu nunca mais olhei a vida e a morte da mesma forma. Pessoas boas morrem o tempo todo na série e isso ajuda a dar um ar de “normalidade” a essas fatalidades. Não é que doa menos, é só que dá pra enxergar que isso pode acontecer com todo mundo, com qualquer um.

Tem dois enterros nessa série que são particularmente marcantes e me fizeram chorar como há tempos eu não fazia.  Num deles (episódio 4×01) existe só um ator, e um ângulo de câmera perfeito, mas a emoção dele era tão grande que eu não consegui me segurar. A outra morte, num dos últimos episódios da última temporada (5×09), foi completamente inesperada e a cena da despedida (no 5×10) tem uma carga emocional tão grande que é impossível assistir sem se importar. Esse episódio em particular é um dos melhores que já vi.

Essa série me conquistou pelo mesmo motivo que Breaking Bad: todos os episódios são feitos com extremo cuidado. Todos os detalhes e vírgulas são pensados  e não existe nada por acaso. Além disso as histórias de todos parecem reais demais e toda vez que eles aprendem alguma coisa, é um tapa na cara que você leva também.

Os últimos minutos do episódio final, como a crítica especializada e os seriadores de plantão não cansam de falar, foi o melhor possível. É um final que poderia ter sido usado pra qualquer série, mas que em Six Feet Under caiu como uma luva. Não é exatamente pra fazer chorar, mas pra te fazer ver a vida e a morte de outra forma, sabe? A série toda fez isso, mas o final… Só assiste, por favor.

What else should I be? All apologies.

Se gostou do post não deixa de compartilhar nas redes sociais ou comentar ali embaixo ♥


Você viu essa série? Avalie também!
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
(1 votos, média: 5,00 de 5)

2
comentários



  • Gabi
    21/03/2014 # 13:09:14

    Ah não, você me deixou realmente curiosa para conhecer essa série. Isso de ter personagens reais, que morrem e são iguais à gente me interessa muito, pois cansei de seriados em que tudo é perfeito e o vilão sempre se dá mau. É bom assistir algo mais “real” de vez em quando. Sério, acho que vou começar a ver mesmo, depois que conseguir ficar em dia com outras séries que acompanho.
    Obrigada pela resenha, tão linda e animada. Dá pra ver que você realmente gostou muito.
    Beijos.

    Responder

    • Cibele Ramos
      21/03/2014 # 13:37:48

      Gabi,
      que bom que te empolguei para ver a série!
      Veja sim e prepare-se para vivenciar todo tipo de sensação ao longo da série.
      Beijos ;*

      Responder

Deixe um comentário

*