Doce Vampiro

por • 4999 Acessos

Doce Vampiro

Minha Classificação:
Doce Vampiro goodreads
de
Publicação: em 2010
Gêneros: ,
ISBN: 8576860996
Título Original: Bloodthirsty
Páginas: 248
Tradução: Rodrigo Dubal
Compre em lojas confiáveis:
saraivaculturasubmarinobwb
A compra pode render comissão ao blog.

Capa original

Alguns vampiros são bons, outros são maus e alguns fingem pra conseguir uma namorada.

[capa]

Finbar Frame tem 16 anos é muito alto, magro e viciado em livros e filmes românticos que sua mãe o obriga a ver. No entanto, seu irmão gêmeo é um sucesso. Vive em festas, cercado de amigos e com todas as garotas aos seus pés. Finbar não queria muitas garotas, uma só já estava bom. Ele sempre viu nos filmes que as meninas preferem caras românticos, educados, cultos, sensíveis e ele é isso tudo, mas elas não o querem.

Depois de um dia traumático na praia, Finbar descobre que tem alergia ao sol. Juntando isso com todas as suas outras características físicas e ao encantamento que as garotas tem por vampiros, ele decide se passar por essa criatura sobrenatural na nova escola e quem sabe assim ser tudo o que ele sempre quis e nunca conseguiu.

(…) vi uma garota sentada sozinha numa mesa, lendo um livro. Isso me deixou tremendamente desconfiado. Por quê? Porque eu pensei que era uma armadilha para Finbar. Ratoeiras tem queijo, e armadilhas para Finbar tem morenas de cabelo brilhante lendo os melhores livros do New York times.

O livro nada mais é do que a história de um nerd que quer ser o rapaz popular e não consegue fazer isso sendo ele mesmo. As situações em que Finbar se envolve por causa dessa “nova personalidade” são as mais hilárias possíveis, desde um escândalo no metrô até ser perseguido por vários “Jacobs” e caçadores de vampiros numa convenção. O livro é cheio de referências a música, cinema e TV e na verdade foram algumas dessas referências que me entregaram que o autor era mulher. Pois pelo nome (Flynn Meaney) e pela narração perfeita de um menino, eu poderia jurar que o autor era homem.

A história do livro é muita fofa e nada fora da realidade. É algo que poderia facilmente acontecer com alguém que você conhece. Afinal, quem nunca quis ser outra pessoa?

Top 5 – Maiores surpresas de 2010

por • 2579 Acessos

Tem alguns livros que eu ouço falar super bem, mas mesmo assim não acho que vão ser bons. E acabo me surpreendendo porque acabam sendo MUITO bons.

5º Lugar: O Vendedor de Armas de Hugh Laurie

Esse livro eu ganhei numa promoção e embora a sinopse fosse muito boa, confesso que não acreditei nos talentos do Dr. House como escritor. Pois é, quebrei a cara feio.
Eu li esse livro no começo do ano e ainda assim entrou na lista dos melhores.

 

 

 

4º Lugar: Cotoco – O diário (pervesamente engraçado) de um garoto de 13 anos – John Van de Ruit

Sinceramente, a capa e o título não me atraíram nem um pouco. “Poxa, outro diário?”. Vi vários elogios no Goodreads e mesmo assim não tava apostando muito no livro. Mais uma vez quebrei a cara! O livro é tãooo divertido. Adorei estar na cabeça de um garoto de 13 anos!!

 

 

 

3º Lugar: Os diários de Nick Twisp de C.D. Payne

Tá aí, esse livro eu até estava curiosa por causa do blá blá blá do alter ego e porque eu tinha visto o trailer do filme e me pareceu legal. Mas eu achei que seria apenas legalzinho. Mas foi muito muito bom. São poucos os livros que relatam com tamanha fidelidade o que um homem (garoto, tanto faz) pensa. E, por mais que seja difícil admitir, homens são assim.

 

 

 

2º Lugar: As Patricinhas de Zoey Dean

Esse eu queria ler desde sempre porque adorava a série Privileged que foi baseada no livro. Eu gostava da série, mas cara, a Megan é uma super chata! Eu queria ler, mas duvidei que fosse bom. Haha é um dos livros mais divertidos que já li na vida! E a Megan do livro não tem nada a ver com a da série. Ela é super louca, engraçada, demais!

 

 

 

1º Lugar: Fazendo meu filme 1, 2 e 3 de Paula Pimenta

Esses três livros foram simplesmente o maior tapa na cara do ano. Embora ouvisse elogios, eu não apostava NADA no livro. Sério. Mas quando comecei a ler, logo na primeira página e vi a lista de DVDs da Fani, eu pirei. “Ela ama os mesmos filmes que eu!”. E a leitura só vai melhorando a cada página. Peguei o primeiro emprestado e PRECISEI loucamente comprar os outros. Quando chegaram eu li imediatamente. Muito muito muito bom mesmo.

 

 

A frase para divulgação no twitter é:
Eu voto nas maiores surpresas literárias do ano e concorro a 1 cartão presente de R$100 no Eu leio,eu conto da @ciblele http://bit.ly/fQVcyB

Para saber mais sobre a promoção, clique aqui.

O FORMULÁRIO FICARÁ ABERTO ATÉ SEGUNDA-FEIRA DE MANHÃ.

É proibida a reprodução total ou parcial deste artigo sem prévia autorização da autora.

 

ACESSOS: acesso gratis

 

 

Evento de lançamento do livro “Linhas”

por • 1983 Acessos

Linhas
Sophia Bennett
Nonie é apaixonada por moda.
Edie quer salvar o mundo.
Jenny ganhou um papel numa produção de Hollywood.


Certo dia, as três melhores amigas conhecem Crow, uma garota refugiada da guerra civil em Uganda, que se veste com tutu e asas de fada e desenha vestidos fan-tás-ticos – é quando têm a chance de realizar algo realmente grandioso e, com isso, tornar todos os seus sonhos realidade.

“Um conto de fadas corajoso e inteligente…”
The Times




Amanhã (10/12), aqui no Rio de Janeiro, é lançamento do livro LINHAS, da autora Sophia Bennett.

O livro é o primeiro volume de uma série sobre 3 meninas apaixonadas por moda que se juntam para ajudar uma refugiada de Uganda, que possui um talento nato. Ela se veste com tutu e asas de fada e desenha vestidos FAN-TÁS-TI-COS.


Quem comprar o livro no dia ganhará uma bolsa linda.





ATUALIZADO:

No dia dia 15/12 (quarta-feira) às 19h ocorrerá o evento também na cidade de SP. Será no espaço PIKS do shopping Iguatemi.
Terá desfile de modelos inspirados nas personagens do livro.
A entrada é franca. Os 100 primeiros que comprarem o livro ganham uma bolsinha linda.

Segue abaixo o convite do evento em SP:




ACESSOS: estatisticas gratis


17
comentários