Capitão América: O Primeiro Vingador

por • 10676 Acessos

Capitão América: O Primeiro Vingador

Minha Classificação:
Capitão América: O Primeiro Vingador The Movie DB
de Joe Johnston
Título Original: Captain America: The First Avenger
Estreia: 22 Jul 2011
País: USA
Gênero: Ação, Aventura, Sci-Fi
Roteiro: Christopher Markus (roteiro), Stephen McFeely (roteiro), Joe Simon (comic livros), Jack Kirby (comic livros)
Elenco: Chris Evans, Hayley Atwell, Sebastian Stan, Tommy Lee Jones
Duração: 124 min

Estou atrasada com essa resenha sim, eu sei, o filme é de 2011 (!!!), mas eu até ontem não tinha assistido (!!!!!!!!!!!!). Vi o primeiro Vingadores tendo visto apenas Homem de Ferro e foi isso. Mas agora, às vésperas da estreia de Capitão América: Guerra Civil eu decidi procurar a ordem correta (estou seguindo essa lista) e ver todos os outros filmes. As HQs de A Guerra Civil eu comecei a ler em 2009 exclusivamente por causa do meu amor ♥ Homem-Aranha ♥ e foi aí que eu realmente conheci Tony Stark (que odeio mesmo com toda a simpatia que Robert Downey Jr. emprestou ao personagem) e Steve Rogers, o Capitão América.

A origem dos heróis mais famosos eu já conheço de ouvir falar e do Capitão América não foi diferente. Eu já sabia que ele surgiu como um projeto do governo americano e foi eventualmente congelado para acordar “nos dias de hoje”. O filme não falha em apresentar o personagem nem em fazer com que o público simpatize com ele, porque o roteiro aproveitou para usar todas as táticas possíveis para que gostemos de Steve, perceba: órfão, rejeitado pelas mulheres, quer entrar no exército mas é sempre recusado, quando consegue entrar sofre bullying porque é magro, quando fica forte sofre bullying porque sim, quando consegue a garota acorda no futuro. Deu para ficar com bastante pena dele, não deu?

E já que mencionei a garota, deixa eu tirar um parágrafo aqui para falar de Peggy, a Agente Carter, não tem namorada de herói que eu goste mais do que dela! Ela é tão maravilhosa, não sei porque ainda não tive a decência de ver a série dela. Eu estava sempre ansiosa pela próxima cena onde ela apareceria para ser a rainha do filme. Adoro como ela não precisa ser salva o tempo todo, alô namoradas de Tony Stark (Homem de Ferro 2) e Bruce Banner (O Incrível Hulk) que também vi ontem e estavam sempre indefesas sozinhas, e é muito forte e perfeita. Estou apaixonada por ela. No filme e na série sei que é assim, mas como não conheço a fundo a versão das HQs vou acreditar que é desse jeito também.

Ninguém é perfeito.

Ninguém é perfeito. (exceto você, sua rainha)

Voltando a falar do filme, o tão elogiado humor dos filmes mais recentes da Marvel já está presente ali e não só por isso acabei gostando mais do que esperava, apesar de achar que foi desnecessariamente longo – tinha muita coisa ali que dava para cortar – e dos efeitos especiais que deixaram o Chris Evans magro serem risíveis. A história teve um desenrolar bem natural e eu fiquei com vontade de pular toda a ordem dos filmes e ir direto para Soldado Invernal de tanto que gostei. Inclusive o final tem cara de “novo começo”, sabe, como se aquilo ali realmente fosse a origem de uma história que ainda está por vir, então o fato de ter N sequências fez sentido e não ficou com ar de caça níquel como tantas outras. Terminei o filme bem apegada ao Capitão América, o que me surpreendeu porque sempre o achei um dos heróis mais sem graça.

De nada, Cap.

De nada, Cap.

Na Guerra Civil eu “faço parte” do #TeamCap e antes isso era mais por detestar o Homem de Ferro e seu ponto de vista do que pelo Capitão em si, mas depois do filme minha decisão só foi reforçada e agora estou mais nesse time do que antes. Arrisco dizer inclusive que se você decidir fazer maratona Marvel antes da estreia vai acabar ficando nesse time também porque o Homem de Ferro sinceramente, não sei como tem gente (cof Mayra) que consegue gostar.

team-cap-header

Fique no time do Capitão.

Se gostou do post não deixa de compartilhar nas redes sociais ou comentar ali embaixo ♥


Você viu esse filme? Avalie também!
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas




Deixe um comentário

*