Você está em: Início / Author / Camila
Camila

Camila
   

Viciada em livros, totalmente apaixonada pelo o que lê... eternamente apaixonada por Harry Potter e livros de fantasia, cursando jornalismo, Corintiana, escorpiana, meio nerd e meio louca!!!

Suspicious Partner / Love in Trouble

Por 2134 Acessos

Suspicious Partner / Love in Trouble

Minha Classificação:
Suspicious Partner - 2017 The Movie DB
Status: 1 temporada (finalizada)
Episódios vistos: 40
Elenco: Ji Chang-wook, Nam Ji-hyeon, Choi Tae-joon, Nara, Kim Ye-won, Lee Deok-hwa
Gênero: Comédia, Crime, Drama
Canal Original: Seoul Broadcasting System
Duração do Episódio: 35 minutos

Eun Bong Hee é uma estudante de direito que sonha em se tornar advogada para defender os injustiçados. Durante sua formação ela precisa fazer estágio em diferentes locais, um deles é na promotoria com Noh Ji Wook. Os dois se conheceram de forma inusitada e constrangedora e agora terão que trabalhar juntos. Além da vida profissional da Bong Hee não andar muito bem, sua vida amorosa também sofreu um revés. Após descobrir que seu namorado a trai e fazer uma cena com ele no hotel, Bong Hee precisa enfrentar os boatos na faculdade, já que ele distorceu a história e contou para todos que na verdade foi ela que o traiu. Sem condições de se defender, Bong Hee acaba se fazendo de louca e toda vez que encontra com o ex-namorado canta uma música como uma maldição e afirma que o rapaz morrerá.

O problema é quando o ex-namorado aparece morto no apartamento de Bong Hee após um apagão no bairro e ela se torna a única suspeita do crime. O promotor que é designado para acusação é Noh Ji Wook, conhecido por ser impiedoso com os acusados. Por outro lado ele é a única pessoa com poder e influência que a Bong Hee conhece e que poderia ser um aliado. Então Noh Ji Wook terá que escolher entre fazer a coisa certa ou manter seu emprego, uma vez que o rapaz assassinado é ninguém menos que o filho do promotor chefe e ele exige a condenação máxima para Bong Hee. O julgamento mudará a vida dos dois de forma irreversível e Bong Hee prometerá para si mesma que vai encontrar o verdadeiro culpado. 

A série é mais focada no romance do que na parte jurídica, mesmo que alguns casos permeiem os episódios. O foco é dividido entre o romance e o mistério por conta dos assassinatos e do culpado. Bong Hee é uma ótima protagonista, ela não se esconde e enfrenta as suas batalhas, sincera e direta, ela mistura ingenuidade e objetividade e é impossível não torcer por ela. Já Noh Ji Wook também é direto, mas de uma forma mais seca e dura. Algumas coisas são explicadas pelo seu passado, contudo ele é mais leve quando está com Bong Hee, e as coisas não pareceram forçadas, foram construídas aos poucos. 

Em relação aos personagens secundários cada um revela sua importância para narrativa e se tornam importantes o suficiente para que o espectador se importe com eles, além de tornarem mais despretensiosa a narrativa de crimes. Os episódios são mais curtos, porém acho que foi muito estendido, com oito episódios a menos a série conseguiria contar bem a história e não faria drama excessivo com assuntos de fácil resolução. Um ponto positivo que é tivemos um episódio depois de todos os dilemas terem sido resolvidos, ou seja, o último episódio mostra como está a vida deles após solucionarem os crimes e numa rotina confortável e achei interessante pois mostra que mesmo sem um grande problema, os relacionamentos ainda não são fáceis e que o dia a dia e a rotina são tanto uma aliada quanto uma inimiga. 

A série é uma delícia e virei fã do Ji Chang Wook, ator que interpreta Noh Ji Wook, ele tem um carisma forte e consegue se destacar. Ele é um ator de ação, pelo que entendi após rápida pesquisa, e tem no currículo dramas em que faz personagens badass como The K2 e Healer, sendo Suspicious Partner seu primeiro romance. A química entre ele e Nam Ji Hyun, intérprete da Eum Bong Hee, é ótima, inclusive surgiram boatos de que eles começaram um relacionamento na vida real. Independente da vida pessoal deles essa sincronia faz toda diferença na tela e eles se saíram muito bem, espero ver mais dramas com eles.

Top 3 – Doramas

Por 4190 Acessos

Desde que assisti Good Morning Call  nunca mais consegui largar os doramas. De lá para cá já foram muitos episódios e muitas séries assistidas, o número só aumentou depois que assinei o DramaFever. No último mês provavelmente assisti um dorama por semana, sim chegou nesse nível. Por isso vou indicar três séries que servem tanto para quem nunca assistiu o gênero e quer conhecer como para quem procura indicações. 

Hello, my twenties

Nesse dorama, que está disponível na Netflix, acompanhamos cinco estudantes universitárias que moram juntas na república Belle Epoque. Elas vão tentar se matar e se ajudar no mesmo nível e passarão por dificuldades enquanto se adequam e lutam por seus objetivos. O foco desse dorama é a amizade entre as meninas e como juntas elas conseguem superar os problemas. A segunda temporada já iniciou lá fora, porém ainda não chegou por aqui, espero que seja tão boa quanto a primeira.

Descendants of the sun

Yoo Si-Jin, capitão da equipe de operações especias do exército sul-coreano, se apaixona à primeira vista pela Dra. Kang Mo-Yeon, uma cirurgiã competente e exigente. Por uma série de desencontros eles resolvem terminar o relacionamento. Porém, o destino acaba reunindo ambos na Grécia, lugar em que o capitão está alocado com seus homens e recebe a equipe da Dra. Kang que irá ajudar os moradores locais em uma missão humanitária.  Com foco no romance, os episódios são engraçados e cheios de situações de vergonha alheia, o roteiro poderia ter sido escrito pela Sophie Kinsella. A série está disponível na Netflix também.  

Love in Trouble / Suspicious Partner

Esse foi um dos últimos que assisti por recomendação da minha sogra, sim ela também adora doramas, e como ela disse, ele tem de tudo: romance, ação, mistério e comédia. Nesse dorama acompanhamos Eun Bong Hee, uma estudante de Direito que após terminar com seu namorado por uma traição, é acusada de homicídio quando ele é encontrado morto no seu apartamento. Noh Ji Wook o promotor que era seu chefe no estágio é indicado para assumir o caso devido a sua fama de ser impiedoso em suas acusações. Isso acabará virando a cabeça de todos de ponta cabeça e Eun Bong Hee estabelece um objetivo, encontrar o verdadeiro culpado e provar sua inocência. Esse dorama é ótimo e os episódios são curtinhos, cerca de meia hora cada. Ele está disponível gratuitamente no DramaFever e também é uma ótima porta de entrada.

Let’s Drink (Drinking Solo)

Por 3250 Acessos

Let’s Drink (Drinking Solo)

Minha Classificação:
Let's Drink - 2016 The Movie DB
Status: 1 temporada (finalizada)
Episódios vistos: 16
Elenco: Ha Seok-jin, Park Ha-sun, Key, Kim Dong-young, Hwang Woo-seul-hye, Min Jin-Woong
Gênero: Comédia, Drama
Canal Original: Total Variety Network
Duração do Episódio: 60 minutos

Park Ha Na é uma moça extremamente esforçada que teve que batalhar para se formar na faculdade e ajudar com as despesas de casa, por isso seu currículo não é muito impressionante. Após seu atual empregador falir ela consegue ser contratada para dar aula de coreano em um curso preparatório destinado a alunos que vão prestar concurso público. Sua contratação se dá devido ao baixo custo do seu salário, uma vez que o curso acabou de contratar o professor de história, Jin Jung Seok, uma celebridade dos professores. Seu nome é sinônimo de matrículas no curso e suas aulas são cheias e concorridas, com seu jeito arrogante e egoísta, ele se torna um opositor da Park Ha Na após uma série de mal entendidos. 

Park Ha Na

Em paralelo com o núcleo de professores, também acompanhamos a saga dos alunos que estão há anos estudando para passarem na prova. Kim Ki Bum está apresentando a cidade para seu amigo Jing Gong Myung, que está há um ano desempregado e se vê forçado pela mãe a prestar concurso. A família de Kim Ki Bum tem dinheiro, por isso ele já está na cidade estudando há três anos e nunca se esforça, gasta sua mesada com roupas e vive como se não tivesse responsabilidade alguma. Em contrapartida seu outro amigo, Jing Gong Myung,  vem de família pobre, todos enviam um pouco de dinheiro por mês e ele se esforça para passar e dar orgulho para eles, para economizar ele come restos de comida das outras pessoas. Esses três amigos irão compartilhar suas alegrias e tristezas enquanto tentam passar na prova e cumprir seus objetivos. 

O foco da série está na individualidade dos personagens e como após um dia cansativo, todos eles encontram um momento para beber sozinhos e reunir forças para o dia seguinte, mesmo que tenham bebido em grupo antes. Um dos pontos altos desse dorama é a forma leve da narrativa, sempre pendendo mais para a comédia do que para o drama. O romance fica por conta da Park Ha Na e Jin Jing Seok, confesso que com o balanço de todas as ações dele, torci contra o casal, Seok vai do extremo fofo quando estão juntos para um babaca completo em todos os outros momentos e Ha Na merecia alguém muito melhor. Toda a jornada dos professores é muito engraçada, com destaque para o professor Kim Won Hae que imita personagens de outros doramas para chamar atenção nas aulas. 

Sempre me chama atenção a força das protagonistas de doramas e com a Park Ha Na não era diferente, após dias em que tudo dava errado, ela conseguia olhar para si mesma e falar que as coisas iriam melhorar e que o dia seguinte seria melhor e que ela continuaria lutando. Na verdade todos os personagens, cada qual a sua maneira, continuavam lutando, mesmo quando tudo parecia perdido. E talvez esse seja um dos maiores acertos da série, dar destaque para todos os personagens, fazendo que com que suas histórias também fossem importantes.

Em todos os episódios os personagens estão comendo e bebendo e é muito difícil ver a série sem ficar com vontade de comer. Outra mania é pronunciar o DI-RO-RI do Kim Ki Bum quando algo surpreende, ou achar graça de expressões e cenas, extrapoladas, que são várias vezes repetidas e marcam as reações dos personagens. O final foi meio agridoce por vários motivos e preferia que fosse mais definitivo, mas gostei de ver a série e me diverti bastante.