O Chamado do Cuco – Cormoran Strike 1

por • 11284 Acessos

    Livros da série Cormoran Strike:

  1. O Chamado do Cuco
  2. O Bicho-da-Seda
  3. Vocação para o Mal
  4. Lethal White

Para conferir a resenha da adaptação "Strike: The Cuckoo’s Calling", clique aqui.

O Chamado do Cuco – Cormoran Strike 1

Minha Classificação:
O Chamado do Cuco goodreads
de ,
Publicação: em 2013
Gênero:
ISBN: 9788532528742
Título Original: The Cuckoo's Calling
Páginas: 448
Tradução: Ryta Vinagre
Compre em lojas confiáveis:
saraivafnacculturasubmarinoamazonbwbkobokindle
A compra pode render comissão ao blog.

Capa original

[capa]

Esse é o primeiro livro da série Cormoran Strike e marca o início da J.K. Rowling nos livros policias. Para quem não sabe, Robert Galbraith é o pseudônimo da J.K., que queria provar ser capaz de publicar um livro pela obra e não por seu nome, muito badalado após o sucesso de Harry Potter. Realmente ela conseguiu publicar a obra, que teve modestas vendas, até uma funcionária do escritório de advocacia da autora ~deixar escapar~ que na verdade ela era a autora por trás de Galbraith. No Brasil, os direitos do livro já haviam sido comprados pela Rocco, por um preço que era um pouco caro para um autor iniciante, mas barato quando descobriu-se que era da J.K. Assim que a notícia correu o mundo, a editora acelerou o processo para publicação e o livro estreou aqui com todos sabendo que se tratava de um pseudônimo.

“Ora…tudo. Lula tinha muitos problemas. Problemas por ser adotada. Problemas por ser negra numa família de brancos. Ela costumava dizer que para mim era fácil…Não sei. Talvez tivesse razão.”

Dada essa pequena introdução sobre a série, vamos à história. Cormoran Strike é um veterano de guerra, perdeu parte de uma perna no Afeganistão e atualmente trabalha como detetive particular. Logo de cara percebemos que as coisas não vão muito bem para ele, após uma briga terrível com sua namorada ele passa a morar no escritório, sem dinheiro para pagar as contas e sem clientes, sua perspectiva está de mal a pior. É nesse cenário que aparece John Bristow, irmão de um amigo de infância do Cormoran, que pede para ele investigar o assassinato da sua irmã, Lula Landry. Crime já arquivado pela polícia local como suicídio. A principio o detetive não que pegar o caso, mas diante da proposta de receber o dobro dos honorários, a oferta passa a ser irrecusável.

“Empurrar alguém de uma sacada é um ato impulsivo – disse Strike, como se sentisse o tremor interno de Robin. – Sangue quente. Fúria Cega.”

Robin Ellacot, uma secretária temporária, é enviada ao escritório do Comoran, que mesmo sem dinheiro para pagar o contrato da agência de temporários, resolve ficar com a moça por uma semana, após um encontro desastroso entre os dois. A Robin é eficiente e curiosa e ajuda Cormoran em todo o caso, se tornando seu braço direito nas investigações. Precisa lidar com um noivo ciumento que não quer que ela fique no escritório e seu desejo crescente de participar ainda mais das investigações.

Eu amo romances policiais, na minha adolescência li mais de 60 livros da Agatha Christie, e atualmente sempre procuro autores desse gênero para experimentar. Um diferencial nesse tipo de romance é a personalidade do detetive, afinal ele será o fio condutor da história, e aqui encontramos um detetive muito inteligente, mas extremamente amargo, resultado das desilusões que sofreu na vida. Filho ilegitimo de um astro do rock com a uma groupie, ele evita alardear sobre o parentesco e não que dar o braço a torcer e pedir dinheiro para o pai, mesmo à beira da falência. Saído de um relacionamento longo, tumultuado, cheio de idas e vindas e brigas homéricas, ele vive esperando o momento em que sua ex vai resolver se vingar por ele ter colocado um ponto final no relacionamento. E é dessa forma, meio quebrado por dentro, que Cormoran resolve investigar o assassinato de Lula, que ele tem certeza que foi sim suicídio. Afinal, ela era famosa e rica, a polícia deve ter feito todas as investigações possíveis. Porém, conforme ele vai juntando as peças, algumas dúvidas surgem na sua cabeça, até a história chegar ao clímax, que é a revelação do crime e os motivos.

“E chame um táxi – Strike grasnou do chão com a garganta seca de tanto falatório. – Não vou para o hospital com esse merda.”

O livro não é genial, mas é bom, e cumpre bem aquilo que se propõe. Esse não é o primeiro romance adulto da J.K. Rowling, que anteriormente escreveu Morte Súbita, um livro denso que mostra quão baixo o ser humano pode ser. Morte Súbita virou série de tv, e Cormoran Strike caminha para o mesmo destino, a autora inclusive já afirmou que a série de livros de Cormoran será maior do que a de Harry Potter e que ela pretende escrever muitos livros para o detetive. Vida longa ao Cormoran!

Se gostou do post não deixa de compartilhar nas redes sociais ou comentar ali embaixo ♥


Você leu esse livro? Avalie também!
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
(3 votos, média: 4,00 de 5)




  • Mariana FS
    26/04/2016 # 23:59:40

    Oi Camila!
    Vida longa ao Cormoran, de fato! Eu gosto dos livros da série, mas também não chego a ser uma fã. Coincidentemente, minha leitura do momento é Vocação para o Mal e estou achando que pode vir a ser o melhor da série.
    PS: Também amo Agatha Christie :)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    Responder

    • Camila
      27/04/2016 # 13:53:19

      Oi Mariana, ganhei Vocação para o Mal essa semana também. Confesso que mesmo não podendo (falta de tempo, TCC atrasado) já li alguns capítulos e por enquanto só sinto raiva do noivo da Robin, mas estou bem no começo ainda. Acho que esse tem a premissa mais ~bizarra~ da série né? Me apavora um pouquinho estar na cabeça de psicopatas, fico levemente paranoica na rua…rsrsrsrsrrsrs
      E sim, Agatha Christie é Rainha!
      Beijos,

      Responder

Deixe um comentário

*