Os Melhores e Piores Filmes de 2015

Por 43870 Acessos

Sabe o que é lindo? Cada uma escolhe seus preferidos e manda por e-mail e no final acabamos escolhendo os mesmos melhores filmes (os piores são diferentes porque cada uma salva a outra desses fiascos) ❤

OBS: Vi tantos filmes ano passado que se eu realmente colocasse aqui todos que amei ou odiei o post ia ficar tão grande que não precisaria mais escrever nada esse ano, então se quiser ver os outros, taí meu perfil no filmow.

Melhores

MAD MAX: ESTRADA DA FÚRIA (Mad Max: Fury Road) – George Miller – 2015

mad_max_fury_road

CIBELE: Fui ver esse filme porque as pessoas não paravam de falar nele, lembrava das propagandas dos outros na TV e por isso minha vontade de ver o novo era -80. Mas antes de correr para o cinema, eu sentei e vi os outros três então fui com expectativas -300, mas saí da sessão gritando apaixonada. George Miller soube como trazer sua franquia pro novo século e tô morrendo de vontade de ver os próximos.

CAMILA: Quando fui ver Mad Max no cinema estava sem expectativas, lembrava remotamente dos filmes antigos e fui acompanhar um entusiasmado namorado com a volta do Max. Mal sabia que iria conhecer a melhor personagem feminina de um filme de ação em muito tempo, nada menos que a Imperatriz Furiosa, e que personagem minha gente, forte, audaciosa, destemida e principalmente humana. A dupla Furiosa + Max funcionou absurdamente bem no filme, afinal eles estão em pé de igualdade em habilidades, não é um interesse amoroso, é uma questão de sobrevivência e confiança que o outro é bom o suficiente para te manter vivo. Com personagens fortes e em enredo bem amarrado, Estrada da Fúria foi o melhor do ano.

MAYRA: O filme que não foi um sucesso tão grande de bilheteria, mas que deixou a internet parada: isso foi Mad Max. Com um personagem já conhecido do público, dessa vez interpretado por *suspiros* Tom Hardy, o filme causou muito rebuliço por ter uma personagem feminina fortíssima, que inclusive tem no título do filme uma alusão ao seu nome. Yas! Yas! Yas! Além de claro, ser muito bem produzido e dirigido, ter umas cenas bem loucas e uma temática muito proveitosa em tempos de crise hídrica e aquecimento global.

STAR WARS: O DESPERTAR DA FORÇA (Star Wars: The Force Awakens) – J.J. Abrams – 2015

star wars force awakens

CIBELE: O que dizer dessa nova trilogia que mal conheço e já considero pacas? Esperava um bom filme (porque J.J Abrams + Star Wars não tem como dar errado) mas não sabia que ia ser TÃO bom. Quero muito rever e saber se a teoria vai se confirmar!

CAMILA: Star Wars foi incrível, não importa se você já era fã, se você nunca viu, ou se pretende começar agora, simplesmente pare tudo o que você está fazendo e vai ver Star Wars. Seria o melhor filme do ano se não fosse por Estrada da Fúria, eu demoro um tempo para digerir os filmes e Star Wars ainda está nesse processo, então não consigo ter uma avaliação crítica confiável nesse momento, a única coisa que posso afirmar é que o filme é sensacional e enfim a força despertou.

MAYRA: Quem segue a gente nas redes sociais sabe que amamos Star Wars e estávamos ansiosíssimas para a estréia desse novo episódio, que dá início a uma nova trilogia da franquia. Confesso que minhas expectativas estavam altíssimas e nossa, o filme superou tudo que eu poderia ter previsto, é apenas incrível! Tem mulher protagonista forte sim, tem negro protagonista também e tem latino sendo o melhor piloto da Resistência. Representatividade total, e claro, sem perder todo o toque legítimo que faz de Star Wars essa força maravilhosa da humanidade (gostaria de aproveitar esse espaço para mandar um beijo para o Adam Driver).

GAROTA EXEMPLAR (Gone Girl) – David Fincher – 2014

CIBELE: O primeiro filme que eu vi no ano passado e que alimenta minha obsessão até agora. Li o livro e vi o filme mais 18192801 vezes e continuo igualmente entusiasmada com tudo o que acontece.

MAYRA: Foi a adaptação perfeita para o livro perfeito. Rosamund Pike foi gloriosa na pele de Amy, Ben Affleck foi… bem, ele foi o Ben Affleck (tendo a ser má porque eu ODEIO o ator) e tudo no filme é espetacular, o roteiro, a fotografia e até a trilha sonora. O clímax não poderia ter sido melhor!

Piores

COMO SOBREVIVER A UM ATAQUE ZUMBI (Scouts Guide to the Zombie Apocalypse) – Christopher Landon (II) – 2015

Como Sobreviver a um Ataque Zumbi

CIBELE: Pior filme que vi no ano e pior filme de zumbi que vi na vida! Pelo pôster esperava um besteirol, mas é tão ridículo e desnecessário que não tem nada que salve nesse filme. Tempo perdido e implicância aumentada com todos que participaram dessa produção.

GENTE GRANDE 2 (Grown Ups 2) – Dennis Dugan – 2013

gente grande 2

CAMILA: Fui assistindo uma sucessão de filmes ruins com Adam Sandler e Gente Grande foi só o último da ponta. Primeiramente queria afirmar que sim, sabia que era uma comédia, mesmo assim achei uma comédia muito sem noção, personagens caricatos e piadas sem graça, daquelas que te faz sentir vergonha alheia sabe? – Sem contar que a parceria para esses filmes é sempre com os mesmos atores, fazendo os mesmo personagens e simplesmente para mim não deu. PS: Ainda sim, continuo gostando de “Eu os declaro marido e Larry”

MAZE RUNNER: CORRER OU MORRER (The Maze Runner) – Wes Ball – 2014

The-Maze-Runner

MAYRA: Depois de matutar bastante, escolhi colocar Maze Runner aqui porque foi uma grande decepção. Poxa, um livro tão bom, tão incrível e uma adaptação tão pobre… Gosto dos atores, gosto dos personagens e até gostei de ver o Labirinto na tela, mas não deixo de colocar o filme aqui como o pior desse ano. Tanto não gostei de Correr ou Morrer que nem vi Prova de Fogo (e nem sei se vou ver).




Deixe um comentário

*