Top 3 – Livros que Preciso Ler Até o Fim do Ano

por • 24023 Acessos

Sabe quando você olha para a sua estante e vê muitos, mas muitos livros sem ler, ou mesmo olha para sua lista de ~leituras em andamento~ no Skoob e percebe que tem 29 livros marcados que na verdade estão esquecidos na sua estante há um tempão, e já deveriam ter sido lidos? Então, essa está sendo uma situação corriqueira na minha vida, por isso decidi criar um top 3 que serão lidos este ano sem falta, ou seja, um livro por mês, começando de outubro.

David Copperfield – Charles Dickens

Um dos pilares da literatura ocidental moderna, Charles Dickens é até hoje fonte de inspiração para muitos escritores. Seu gênio foi admirado por Tolstói, Marx, Joyce, Kafka, Henry James, Nabokov, Orwell, Cortázar, entre muitos outros. Semi-autobiográfico, David Copperfield foi publicado em forma de folhetim entre 1849 e 1850. O autor afirma, no prefácio ao livro, que, entre os inúmeros romances que publicou, este era seu “filho predileto”.A edição inclui textos críticos de Jerome H. Buckley, Sandra Guardini Vasconcelos e Virginia Woolf.

Eu comecei a ler David Copperfield assim que comprei o livro, que é uma delicia, mas pela dificuldade em carregar na mochila, já que o livro é quase um tijolo, acabei deixando ele de lado, mas agora estou me comprometendo a terminar ainda esse ano.

 

O Pintassilgo, Donna Tartt

O Pintassilgo

Theo Decker, um nova-iorquino de treze anos, sobrevive milagrosamente a um acidente que mata sua mãe. Abandonado pelo pai, Theo é levado pela família de um amigo rico. Desnorteado em seu novo e estranho apartamento na Park Avenue, perseguido por colegas de escola com quem não consegue se comunicar e, acima de tudo, atormentado pela ausência da mãe, Theo se apega a uma importante lembrança dela – uma pequena, misteriosa e cativante pintura que acabará por arrastá-lo ao submundo da arte. Já adulto, Theo circula com desenvoltura entre os salões nobres e o empoeirado labirinto da loja de antiguidades onde trabalha. Apaixonado e em transe, ele será lançado ao centro de uma perigosa conspiração. ‘O pintassilgo’ é uma hipnotizante história de perda, obsessão e sobrevivência, um triunfo da prosa contemporânea que explora com rara sensibilidade as cruéis maquinações do destino.

Eu estava absolutamente louca para ler este livro quando lançou, assisti e li várias resenhas e a vontade só aumentava, agora ele está parado desde o ano passado em casa, faltando umas 200 páginas só para terminar e eu não sei o raio do motivo pelo qual eu parei de ler. A Donna escreve bem e o Theo é cheio de complexidades, mas o livro também é grande e pesado, por isso fui deixando ele em casa e levando outros mais leves na bolsa, daqui a pouco ele vai completar um ano parado.

 

Crime e Castigo, Fiódor Dostoiévski

Crime e Castigo

Publicado em 1866, Crime e Castigo é a obra mais célebre de Fiódor Dostoiévski. Neste livro,  Raskólnikov, um jovem estudante, pobre e desesperado, perambula pelas ruas de São Petesburgo até cometer um  crime que tentará justificar por uma teoria: grandes homens, como César e Napoleão, foram assassinos absolvidos pela  História. Este ato desencadeia uma narrativa labiríntica que arrasta o leitor por becos, tabernas e pequenos cômodos,  povoados de personagens que lutam para preservar sua dignidade contra as várias formas da tirania.

Eu tenho uma lista que um professor de jornalismo passou com os livros que, na opinião dele, todo mundo deveria ler. Crime e Castigo é um desses, e com isso em mente comprei essa edição no começo do ano, paguei caríssimo nela, mas todos falam que é a melhor tradução da obra, por isso tudo bem. Estou na segunda parte e o livro é menos pesado do que achei que seria, mas ainda assim, os nomes e lugares russos me confundem um pouco, e a leitura fica um pouco mais arrastada, consequentemente fui trocando por outros livros e agora o ano vai acabar e não terminei de ler.

E aí, mais alguém com livros encalhados na estante? 

Se gostou do post não deixa de compartilhar nas redes sociais ou comentar ali embaixo ♥

5
comentários



  • Monica
    24/09/2015 # 09:29:19

    Incrível que você que gosta tanto de ler não tenha ainda um e-reader… Nunca mais você vai ter que carregar tijolão.. vai por mim (rsrsrs)

    Responder

  • Monica
    24/09/2015 # 09:30:59

    em tempo: ainda não li nenhum destes. David Copperfield e Crime e Castigo, mas estão na minha lista (no meu Kindle)

    Responder

    • Camila
      24/09/2015 # 10:58:46

      Oi Monica, então, o engraçado é que eu tenho um e-reader, um Kobo, mas não tenho o costume de ter livro físico e digital, e como tinha o interesse de ter na minha estante esses livros, comprei as versões físicas. Acho que logo terei que seguir seu conselho e colocar eles no Kobo também se quiser fazer essas leituras ainda este ano ;)

      Responder

  • thaila oliveira
    01/10/2015 # 13:16:23

    oi flor, vai chegando o final do ano e bate esse choque de consciência mesmo, de livros que a gente queria ter lido e livros que ainda não conseguiu comprar!
    Espero que leia os seus, infelizmente a minha listinha é um pouco maior do que três então ja desanimei de concretizá-la
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    Responder

  • Camila
    01/10/2015 # 15:37:02

    Não é? – Bate um arrependimento pelo o que não foi lido, mas estou confiante que esse não vão passar deste ano. E estou torcendo para você diminuir sua lista, mesmo que você não consiga ler tudo o que queria.
    Beijos,

    Responder

Deixe um comentário

*