Eu Estive Aqui

por • 29296 Acessos

Eu Estive Aqui

Minha Classificação:
Eu Estive Aqui goodreads
de
Publicação: em 2015
Gênero:
ISBN: 9788580414233
Título Original: I Was Here
Páginas: 240
Tradução: Fabiano Morais
Compre em lojas confiáveis:
saraivafnacculturasubmarinoamazonkobokindle
A compra pode render comissão ao blog.

Capa original

[capa]

Cody era a melhor amiga de Meg, por isso ela perde o chão quando recebe um bilhete de despedida por e-mail relatando a decisão de Meg de se suicidar. Uma amizade construída desde o jardim de infância, rompida bruscamente com o suicídio de Meg e a crescente culpa de Cody por não ter percebido nada de errado com a sua amiga e consequentemente não ter ajudado.

Eles são os pais de Meg. Ou eram. Ainda me confundo com os tempos verbais. Você deixa de ser pai de alguém quando a pessoa morre? Quando ela escolhe morrer?

Enquanto Meg saiu da cidadezinha do interior para estudar, Cody continua presa lá, sem bolsa de estudos e sem dinheiro, cursa a universidade comunitária e trabalha fazendo faxinas. Isso distanciou as duas, afinal o sonho de Cody sempre foi sair da cidade e elas tinham planos de fazer isso juntas, porém só Meg conseguiu. Então durante todo o tempo em que Meg estava em Tacoma, Cody a visitou apenas uma vez. Após a tragédia, ela começa a descobrir o quanto não sabia da vida da amiga. 

Ela era…- Abro os braços para dar uma ideia de imensidão, de infinitas possibilidades. Não tenho certeza se isso é uma descrição de Meg ou da maneira que eu sempre me sentia perto dela.

O livro, na verdade, é a jornada da Cody em se aceitar após a morte da Meg, a culpa, o remorso e a raiva por ter sido deixada a conduzem na busca pelos passos da Meg antes do suicídio, fazendo a protagonista encarar seus medos e falhas, além de aceitar que sua amiga tinha problemas que ela não tinha visto. 

Mesmo gostando de outros livros da Gayle, eu não consegui me sentir muito apegada a esta história, os personagens não me cativaram, não consegui sentir nada pela Meg, mesmo com a Cody narrando e explorando o quanto a amiga era importante para ela. Os outros personagens vão entrando em cena conforme a necessidade que a Cody tem deles e também não faz muito diferença, o romance mesmo que construído aos poucos, não me convenceu, pela situação em que eles se conheceram e pela personalidade de ambos. 

Para quem quer conhecer a autora, eu sugiro o Apenas um Dia, acho o desenrolar dos fatos muitos mais interessantes, além do impacto causado na personagem muito maior, não é que a vida da Cody não tenha sido impactada em Eu Estive Aqui, mas algumas coisas não pareceram verossímeis dado o histórico dos personagens.

Supostamente, eu era a melhor amiga dela, e não sabia nada disso, porque ela não me contou. Ela não me contou que achava a vida um sofrimento insuportável. Eu não fazia a menor ideia.

Se gostou do post não deixa de compartilhar nas redes sociais ou comentar ali embaixo ♥


Você leu esse livro? Avalie também!
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
(2 votos, média: 4,50 de 5)

2
comentários



  • thaila oliveira
    15/09/2015 # 13:46:13

    eu ja li, mas sabe aquela história que te marca que você não consegue expressar bem em palavras?
    a autora tem o poder de tratar de questões tão forte com um jeito singelo, ao mesmo tempo que trabalha sentimentos em seus personagens, desperta reações no leitor!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    Responder

  • Camila
    15/09/2015 # 15:37:33

    Oi Thaila, eu entendo o que você quis dizer, dela tratar de assuntos fortes de um jeito singelo, e concordo com você, ela tem esse estilo mesmo. Porém, esse livro não conseguiu mexer muito comigo não, e isso é uma das coisas mais legais da literatura, o quanto os livros podem conversar de forma diferente com seus leitores.
    Beijos e boas leituras.

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

Deixe um comentário

*