1Q84 – Livro 1

por • 6050 Acessos

1Q84 – Livro 1

Minha Classificação:
1Q84 - Livro 1 (1Q84, #1) goodreads
de
Publicação: em 2012
Gênero:
ISBN: 9788579621802
Título Original: 1Q84 Book 1 [Ichi-kyū-hachi-yon]
Páginas: 432
Tradução: Lica Hashimoto
Compre em lojas confiáveis:
saraivafnacculturasubmarinoamazonkobokindle
A compra pode render comissão ao blog.

Capa original

[capa]

É 1984. O livro narra a história de Aomame, uma instrutora de artes marciais que leva uma vida relativamente tranquila a não ser pelo fato de assassinar homens a mando de uma velha senhora rica. Um dia ela percebe que o mundo não está girando de acordo com o normal e apelida esse ano de 1Q84 e então procura entender o que está se passando. Tengo, em outra mão, é um professor de matemática de físico robusto que tenta escrever o seu romance há algum tempo, porém quando lhe é dada a missão de reescrever um romance de uma menina peculiar de 17 anos, ele se vê enredado num complicada história que pode justificar a existência desse universo paralelo que é 1Q84.

 […] Mas não se deixe enganar pelas aparências. A realidade é sempre única. Pág. 18

Depois de uma colega minha falar horrores de Murakami, depois de ela tirar fotos com os livros e me mandar, vi na Black Friday (risos) a oportunidade perfeita de adquirir a trilogia 1Q84. Eu subestimei o livro sim, e quando comecei a ler, não dei nada por ele. Acontece que o livro é narrado em terceira pessoa e tem capítulos alternados entre Aomame e Tengo, e enquanto não havia nenhuma relação entre eles, eu não vi nada demais. Conforme a narrativa ia pegando forma, eu simplesmente fui tomada de assalto por vários acontecimentos e reviravoltas que me fizeram amar o livro sim e muito. Ele poderia dar uma palestra e ensinar muitos autores por aí a escrever livros menos óbvios.

Não fui eu que enlouqueci, foi o mundo. Pág. 155

A narrativa de Murakami é muito particular e de certa forma até poética: ele compara muito as situações com florestas e obstáculos da natureza e correntezas fortes de rios sinuosos e etc. Isso enriquece o livro de certa forma e deixa claro que não é apenas um romance qualquer. O contexto do livro é cercado de mistério porém é possível encontrar várias críticas à religião, à violência contra a mulher e ao machismo. Confesso que Aomame tem um “quê” de Lisbeth Salander – o que me fez gostar mais ainda de 1Q84.

Muitas vezes ela se perguntava o que significava conquistar a liberdade, e se isso não seria o mesmo que escapar habilmente de uma jaula para cair numa outra ainda maior. Pág. 260

Eu recomendo a leitura para quem está procurando um livro de ficção fantástica muito bom porém há de se ter paciência para não largar o livro porque tudo acontece muito devagar. Muito mesmo. Só que no fim, a espera vale a pena.

Beigos!

Se gostou do post não deixa de compartilhar nas redes sociais ou comentar ali embaixo ♥


Você leu esse livro? Avalie também!
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas

1
comentário



  • Camila
    11/03/2015 # 11:03:44

    Gente, eu quero tanto começar a ler 1Q84 e após a resenha a minha vontade é sair do trabalho agora e ir na livraria pegar 1Q84 e esquecer que o mundo existe! Quero mais Murakami para minha vida!

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

Deixe um comentário

*