Laços de Sangue – Bloodlines 1

por • 5959 Acessos

    Livros da série Bloodlines (spin-off de Academia de Vampiros):

  1. Laços de Sangue
  2. O Lírio Dourado
  3. O Feitiço Azul
  4. Coração Ardente
  5. Sombras Prateadas
  6. O Círculo Rubi
Laços de Sangue – Bloodlines 1

Minha Classificação:
Laços de sangue (Bloodlines, #1) goodreads
de
Publicação: em 2013
Gêneros: ,
ISBN: 9788565765152
Título Original: Bloodlines
Páginas: 440
Tradução: Ana Ban
Compre em lojas confiáveis:
saraivafnacculturasubmarinokobokindle
A compra pode render comissão ao blog.

Capa original

O primeiro livro do spin-off de Academia de Vampiros chegou ao Brasil esse ano dessa vez pela Editora Seguinte. A história se passa depois do fim de Último Sacrifício, mas, se você não leu a outra série (tá esperando o quê?), eles comentam o que aconteceu, então dá pra se jogar sem medo.

[capa]

Aqui acompanhamos a Alquimista Sydney Sage que após os eventos do final da série anterior, tem que provar que leva sua profissão a sério e se voluntaria pra uma missão nada agradável: ir para a faculdade vigiar de perto a moroi Jill. A vida da garota está sendo ameaçada por pessoas que não concordam com a nova rainha.

Deus, o que tem de errado com essas pessoas? Oh, já sei. Elas não são pessoas.

Me esforcei para não dar nenhum spoiler de Academia de Vampiros (vai que você tá acabando de ler né?) por isso a sinopse ficou bem meia-boca. Mas o que acontece, falando por alto, é isso mesmo, Syndey tem que ir para Palm Springs vigiar Jill e conviver com Adrian. Quem imaginaria a Alquimista que conhecemos lá em Promessa de Sangue, que considerava os moroi e strigoi seres inferiores, vivendo em harmonia com essas “criaturas do mal”? 

Quando Sydney apareceu na outra série, eu não fui muito com a cara dela. Com certeza ela foi ganhando pontos nos últimos livros, mas eu ainda não estava morrendo de amores, por isso demorei para começar Laços de Sangue. Mas como já é de se esperar, fui envolvida pela narrativa da Richelle Mead e pelo monte de surpresas e reviravoltas que é padrão nos livros da autora. É claro que além de muita ação e suspense, a história conta com alguma coisa de um romance talvez (um romance é claro, isso sim) e podemos ver Rose e Dimitri de longe. Foi legal inclusive vê-los pelos olhos de outra pessoa. 

Se você gosta de histórias com protagonistas fortes e inteligentes, recomendo MUITO que você leia (todos os livros da autora) a série Bloodlines. E prepare-se pra morrer de ansiedade por cada um dos próximos volumes.

Hoje é aniversário da diva Richelle Mead e nessa semana o ELEC e alguns outros blogs faremos postagens especiais sobra a autora que nos faz roer as unhas, gastar todo o nosso dinheiro e passar noites em claro. Se liga na hashtag #SemanaMead pra não perder nada.

Se gostou do post não deixa de compartilhar nas redes sociais ou comentar ali embaixo ♥


Você leu esse livro? Avalie também!
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
(1 votos, média: 5,00 de 5)




  • Mayra Olivetti
    12/11/2013 # 12:31:33

    Divaaaa! ♥

    Responder

  • Tatiana Leite
    22/03/2014 # 19:31:12

    Para tudo que eu vim ler quantos livros eram nessa série e já serão 6?? SEIS LIVROS? DE NOVO!?? Eu preciso, definitivamente, de uma nova estante. E de um lugar pra colocar ela, porque convenhamos, espaço é quase uma raridade aqui.

    Beijos!

    Responder

  • Maristela G Rezende
    28/03/2014 # 08:51:07

    Estou muito querendo ler esse livro e tenho procurado ler as resenhas e comentários sobre ele para poder saber mais a respeito. Gostei da sua resenha.

    Responder

  • Luciana
    05/05/2014 # 16:39:58

    To amando a série bloodlines, principalmente porque eu SIMPLESMENTE AMOOOO O ADRIAN! a série é mto boa, mesmo que a história seja um pouco menos “profunda” (se é que a gente pode dizer assim). Enfim, só não entendo como alguém pode ler essa série sem antes ter lido Academia de Vampiros! :@ são tantos spoilers que é impossível depois de ler bloodlines ser A.V. ENTAO POR FAVOR, LEIA BLOODLINES DEPOIS!!!!

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

Deixe um comentário

*