Dizem por Aí

por • 4709 Acessos

Dizem por Aí

Minha Classificação:
Dizem por aí goodreads
de
Publicação: em 2012
Gêneros: ,
ISBN: 9788581630137
Título Original: Rumor Has it
Páginas: 430
Tradução: Sayuri Arakawa
Compre em lojas confiáveis:
saraivafnacculturasubmarinokobo
A compra pode render comissão ao blog.

Capa original

Num belo dia Tilly Cole chega no apartamento que divide com o namorado Gavin após o trabalho e descobre que ele foi embora levando consigo tudo que era “dele”, deixando apenas um bilhete sob a lareira. Tilly, não tão arrasada quanto deveria, mas ainda assim chateada, vai para a pequena cidade de Roxborough visitar sua melhor amiga Erin. Lá ela vê um anúncio de emprego para “faz tudo” e a vaga é descrita como divertida.  Sem nada que a prensa em Londres, ela impulsivamente se candidata para a vaga e consegue o emprego. Lá ela trabalha para Max e sua filha Lou. Max trabalha com Jack Lucas, o cara lindo e sexy que segundo dizem por aí é um mulherengo convicto. Mas há mais em Jack do que os olhos podem ver e os rumores que abundam Roxborough… 

[capa]

Apesar da sinopse focar apenas na Tilly, o livro aborda em paralelo a vida dos outros personagens de uma maneira mais aprofundada, coisa que acontece bastante nos livros da Jill Mansell, e que acabam sendo melhores que o casal principal…

Confesso que fiquei receosa quando comecei a ler, por 2 motivos: um a capa HORRENDA (poderiam ter usado a capa LINDA original) e minhas amigas não haviam gostado… mas me arrisquei e adorei.

“(… ) Garota faz-tudo, emprego divertido em casa de campo, 200€/semana. Era só isso, curto e direto. Tilly imaginava o que eles queriam dizer com a expressão “emprego divertido”. Afinal, algumas pessoas podem classificar Ministro da Fazenda como um emprego divertido. (…)”

No melhor estilo romance de sessão da tarde, cheio das coisinhas de cidade pequena, os personagens são peculiares o que é ainda melhor se você ler imaginando aquele sotaque britânico. Max é engraçado e encantador, e o chefe que todo mundo gostaria de ter. Assim também é sua ex-esposa Kaye, a atriz de uma série americana famosa, que tem que voltar para a Inglaterra, após um pequeno acidente…  Erin é quem rouba a cena toda, seu romance com um recém-divorciado e as brigas com a ex-esposa dele rendem muitas risadas e por fim uma amizade comovente. Mansell também explora o impacto da sexualidade de Max e da morte de outro personagem. Ambos os cenários são tratados com franqueza e humor.

“O problema de estar a fim de um mulherengo é que isso faz você se preocupar mais com a sua aparência. Assim, se o encontrar por acaso, você pode ao menos relaxar sabendo que está maravilhosa.”

O diálogo é rápido, inteligente e sempre divertido. E a Tilly é a típica mulher moderna que é romântica, mas precisa e quer sua independência, e no fim embanana tudo.

É uma história com fim previsível. Mas eu adoro um finalzinho clichê, quando a semana está carregada, parece que deixa tudo mais leve.

OBS da Cibele: esse livro não relação com o filme de mesmo nome.

Se gostou do post não deixa de compartilhar nas redes sociais ou comentar ali embaixo ♥


Você leu esse livro? Avalie também!
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas




  • Kari
    08/08/2013 # 11:48:00

    Já ia falar: mas wtf, o filme mudou tudo. Hahahaha.
    ótima resenha Cibel \o/

    Responder

Deixe um comentário

*