A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista

por • 3149 Acessos

A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista

Minha Classificação:
A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista goodreads
de
Publicação: em 2013
Gêneros: , ,
ISBN: 9788501095442
Título Original: The Statistical Probability of Love at First Sight
Páginas: 223
Tradução: Camila Mello
Compre em lojas confiáveis:
saraivaculturakobo
A compra pode render comissão ao blog.

Capa original

Desde que soube da existência desse livro, mesmo antes de ser lançado aqui, fiquei curiosa especialmente pelo título (que tem explicação). Quando vi o e-book em promoção acabei comprando e vou contar pra vocês o que achei no final das contas.

[capa]

A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista conta a história de Hadley que está indo dos EUA para Londres para o casamento do pai, que se divorciou de sua mãe depois de conhecer a mulher que será sua futura esposa. Ela chega 4 minutos atrasada no aeroporto e acaba perdendo o voo. O próximo sai em 3 horas e enquanto passa o tempo na sala de espera ela conhece o Oliver – lindo, engraçado, inteligente – que também está indo pra Londres e vai ajudá-la a ver que nossos problemas podem não ser tão grandes quanto parecem.

“- Mas você não tem luz – explicou. O pai sorriu.
– Quando estou com você, tenho sim.”

Quando eu soube que a história do livro se passava em poucas horas eu pensei que seria basicamente uma conversa dos dois personagens principais no avião, mas não é bem isso. Eles desembarcam e podemos conhecer pouco, bem pouco, de Londres. A história do livro não tem nada de nova e a protagonista não é das mais agradáveis. Eu já estava em quase 60% do livro e não aguentava mais “ouvi-la” reclamar sobre o casamento do pai. Nunca vivi essa situação (meus pais são casados um com o outro até hoje) e SEI que deve ser difícil, mas me incomoda quando um personagem de livro fica batendo na mesma tecla trocentas vezes. “Você está chateada? Ok, já entendi. Podemos seguir em frente agora?”. Ela só entende que a situação não é tão ruim assim, quando percebe uma coisa que eu já tinha percebido assim que o assunto surgiu há várias páginas. Outra coisa que me incomoda é personagem que demora a perceber coisas que o leitor já viu há um tempão (por isso que eu gosto da Katniss. Percebíamos as coisas quase ao mesmo tempo).

“Ela sente uma eletricidade estranha no corpo quando ele está por perto. Será que ele sente o mesmo?”

A história em si é bonitinha e seu desenvolvimento é satisfatório. O romance não é muito explorado, ele é mais um empurrão para a evolução da história. Apesar de Oliver ser um ótimo personagem que rendeu a maioria dos momentos interessantes da história e levou Hadley a rever suas atitudes, ele fica um pouco apagado frente à protagonista e sua relação familiar.

É um livro bonitinho, mas nada memorável. Tenho certeza que em pouco tempo já não lembrarei mais dele. Certamente ele é mais indicado para alguém que consiga se identificar com a Hadley e seus problemas e que não se canse de ver ela batendo na mesma tecla praticamente pelo livro inteiro. Talvez a história funcione melhor como filme já que não vamos passar tanto tempo com os pensamentos da protagonista, e falando nisso, o livro já teve seus direitos comprados para o cinema e vem sendo chamado de “o novo Harry e Sally” (nada a ver) e “o novo Um Dia” (menos ainda). Sendo muito generosa, compararia a um “Elizabethtown” beeeem teen e olhe lá.

Se gostou do post não deixa de compartilhar nas redes sociais ou comentar ali embaixo ♥


Você leu esse livro? Avalie também!
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas




  • Ana Lopes
    24/04/2013 # 11:45:59

    Parece bem legal , quanto custa???

    Responder

    • Cibele Ramos
      24/04/2013 # 13:33:44

      Quando eu comprei o e-book tava R$9,90 agora acho que está R$19,90. O livro físico está menos de R$30 :)
      Beijos

      Responder

  • Lívia Martins
    24/04/2013 # 11:51:59

    Sério que compararam dois dos meus filmes favoritos a… ISSO?

    Ok, posso morrer antes disso acontecer? Obrigada!

    Responder

  • Helena Di Creddo
    24/04/2013 # 13:07:10

    que MARAVILHOSA a capa em ingles… nem li a resenha porque ainda quero ler o livro sem saber de nada ^^
    beijos

    Responder

  • Ana
    24/04/2013 # 15:09:42

    Adorei sua resenha. Eu sempre vejo as pessoas falando muito bem desse livro, acho que essa foi a primeira vez que alguém criticou. Ainda assim, eu quero ler hahahahaha.

    Responder

  • Joshua Guimarães
    24/04/2013 # 20:56:37

    É um livro que eu gostei, mas como você disse, ele não é aquilo tudo certamente. O que eu achei tão legal nele é que mesmo com todos os problemas da Hadley – e os de Oliver – ele tem uma atmosfera diferente. É como se você quisesse continuar a leitura, e 24h fosse pouco demais. Eu acredito que a autora poderia ter explorado mais o romance em vez de focar apenas os problemas da Hadley, mas é um livro gostoso de se ler.

    Responder

  • Raquel Araujo
    24/04/2013 # 23:53:10

    Oi Cibele, tudo bem?

    sabe que vc tirou as palavras da minha boca? To até adiando um pouco a resenha desse livro no meu blog pq, não achei nada demais. Ele é legal, é divertido, é bonitinho, mas só!

    beijos
    Kel

    Responder

  • Neyara
    25/04/2013 # 00:52:56

    Pelo visto esse é um dos livros que se espera muito, mas na verdade é quase nada. Odeio quando isso acontece…

    Beijo

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

Deixe um comentário

*