The Walking Dead: A Ascensão do Governador – Trilogia do Governador 1

Por 4957 Acessos

    Livros da série Trilogia do Governador:

  1. A Ascensão do Governador
  2. Just Another Day at the Office (Trilogia do Governador 1.5)
  3. O Caminho para Woodbury
  4. A Queda do Governador - Parte Um
  5. A Queda do Governador - Parte Dois
The Walking Dead: A Ascensão do Governador – Trilogia do Governador 1

Minha Classificação:
The Walking Dead - A Ascensão do Governador goodreads
de ,
Publicação: em 2012
Gênero:
ISBN: 9788501097156
Título Original: The Walking Dead: Rise of the Governor
Páginas: 364
Tradução: Gabriel Zide Neto
Compre em lojas confiáveis:
saraivafnacculturasubmarinoamericanasamazonbwbkindle
A compra pode render comissão ao blog.

Capa original

SINOPSE OFICIAL
No universo de The Walking Dead, não existe vilão maior que o Governador, o déspota que comanda a destruída cidade de Woodbury. Com seu senso doentio e muito particular de justiça, ele força prisioneiros a lutarem contra zumbis em uma arena, para delírio dos moradores entediados. Também não é incomum vê-lo dilacerar as entranhas daqueles que cruzam seu caminho. Eleito pela revista americana Wizard como o “vilão do ano”, o Governador é o personagem mais controvertido em um mundo dominado por mortos-vivos.

Em The Walking Dead: A Ascensão do Governador, os fãs irão descobrir como ele se tornou esse homem e qual a origem de suas atitudes extremas. Para isso, é preciso conhecer a história de Phillip Blake, sua filhinha Penny e seu irmão Brian. Com dois grandes amigos, eles formam um grupo de resistência nada comum. O objetivo é cruzar o estado da Geórgia, percorrendo os 30 km que separam Waynesboro de Atlanta. A missão aparentemente simples é na verdade um desafio: estamos no meio de um apocalipse zumbi.

As cidades foram abandonadas, os meios de comunicação estão inoperantes e o único som do universo são os gemidos incessantes de seres que um dia já foram humanos. Lutando para encontrar comida, armas e esconderijos seguros, os cinco vão enfrentar um cenário de completa desolação a caminho do mítico centro de refugiados. A única certeza de Phillip é a de que fará tudo para salvar sua família. Quem sabe assim também consiga salvar a própria alma.

[capa]

O cenário de base do livro é aquilo: cidades destruídas, muitos zumbis (meu sonho) e pessoas tentando sobreviver a mais um dia nesse cenário apocalíptico. Phillip Blake, seu irmão Brian Blake, sua filhinha Penny e seus amigos Nick e Bobby são parte dessas poucas pessoas que não sucumbiram à doença que assola grande parte dos seres humanos. Com um carro velho, muita boa vontade e raiva, esses interioranos vão atrás do que necessitam pra viver, mas ainda não entendendo o que acontece a sua volta – e lutando com unhas e dentes para que essa nova vida que levam seja digna e segura.

O apocalipse já começou…

O ritmo do livro é o que se pode esperar de Robert Kirkman: o enredo te engole até você não conseguir parar de ler. É uma leitura farta de acontecimentos, porém leve de acompanhar, mesmo com tudo acontecendo muito rápido – o mesmo nível da história em quadrinhos. Você se depara com Phillip, o durão, responsável que sabe tirar proveito das situações e não arreda pé quando o assunto é aniquilar mortos-vivos, um líder nato. Seus amigos, fiéis e solidários que também são muito valentes e cumprem ordens de Phillip até onde a sobrevivência vá. Do outro lado, vemos Brian, o irmão franzino, que é estudado mas não tem a mínima coragem de matar uma mosca, por isso, a sua função inicial é de apenas tomar conta de Penny, sua sobrinha.

O que Brian vê pelo vidro escuro do carro é tão tenebroso que ele começa a mexer a boca sem dizer nada. – Pág. 135

A história do livro é muito interessante, principalmente pras pessoas que leem os quadrinhos e veem a série, pois o Governador é o tipo de vilão que te inspira ódio e você sempre se pergunta “Oh Deus, por que ele faz isso?”. Quem leu os quadrinhos – principalmente – e viu a série tem um ódio muito grande (e justificado) por esse personagem, assim como nojo e curiosidade; então, fico satisfeita de dizer que o livro vai satisfazer essa sua curiosidade e ainda vai te fazer entender (atenção: entender, NÃO justificar) as ações que o seguem. Com um final surpreendente e muitas reviravoltas na história, esse livro é de uma necessidade absurda pra quem curte The Walking Dead (tanto série como HQ) e também para quem adora zumbis. Também vale a pena porque você consegue sentir as condições extremas que sobreviventes têm de encarar num apocalipse, lidando com questões físicas, sociais e psicológicas.

Divulgada capa nacional de “O Caminho para Woodbury”

Esse livro foi publicado em junho desse ano (também nos EUA) e recentemente foi divulgado o título da continuação: The Walking Dead – Road to Woodbury (O Caminho para Woodbury) que vai ser lançado no Brasil no ano que vem e já está em pré-venda (Reserve aqui!).  O único ponto contra, mas ao mesmo tempo a favor do livro é que NÃO EXPLICA (nem se animem! hehe :B ) o porquê de as pessoas virarem zumbis. Por isso, o livro ganha 5 estrelas mas com essa última ressalva.


Você leu esse livro ? Avalie também!
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas

3
comentários



3 comentários
  • Denise Ayres
    13/12/2012 # 23:24:17

    Adorei o post, Mayara!
    Adoro TWD e estou super curiosa para ler esse livro.
    Minha filha pediu de amigo oculto nesse final de ano, será que ela ganha?
    *torcendo*
    Aliás, foi a danada que me viciou em zumbis!

    Responder

  • pamela
    14/12/2012 # 00:05:55

    Bom parece ser uma série de livros boa ,mas ñ está no topo da minha lista!

    Responder

  • carlos henrique
    15/04/2013 # 00:02:08

    Muito bom os dois livros…aguardo o lancamento do terceiro.

    Responder

Deixe um comentário

*