Os Melhores e Piores de 2012

Por 3730 Acessos

MelhoresEPiores2012

Essa é a famosa lista com os melhores e piores livros do ano que quase todo blog faz. Ano passado eu não fiz, sei lá o motivo, mas esse ano dei minha opinião e ainda chamei alguns dos colunistas para darem as suas. Lembrando que é possível que seu livro preferido esteja na lista de piores (eu sei que um dos meus está na lista da Thais U_U), mas é sempre recomendável ter educação na hora de comentar nessa lista ridícula como assim nick & norah nos piores pqp só pode ser sacanagem e =)

Ah e são livros que lemos em 2012, não necessariamente livros lançados esse ano.

cibele

CIBELE
26 anos, Rio de Janeiro
Leia todos os meus posts

 

Melhores:

1° – Every Day, David Levithan
Inevitável pra mim colocar um livro do Levithan no top dos melhores. Mas esse entrou pra lista não só por ter sido escrito por ele, mas por trazer uma história original e incrível e por ter um final que passa a quilômetros do clichê.

 

2° – Rosa e Túmulo – Sociedade Secreta 1, Diana Peterfreund
Esse entra pra lista por trazer uma mocinha forte como protagonista em vez de uma rainha do mimimi como a maioria dos YAs. Ganha mais pontos por ser uma série que eu não desanimo de ver que tem tantos volumes, pelo contrário, me animo só de pensar que ainda tem muita Sociedade Secreta pela frente.

 

3° – A Caminho da Sepultura, Jeaniene Frost
Outra mocinha forte e aqui o interesse romântico dela é de tirar o fôlego. Ganhou meu coração por reviver a mitologia dos vampiros de forma interessante e inesperada. Apesar de também ser uma série de MUITOS livros não vejo a hora de ler cada um deles.

 

4° – A Idade dos Milagres, Karen Thompson Walker
Eu não dei cinco estrelas pra esse livro e pra ser sincera não sabia ao certo o que senti quando terminei de ler, mas mesmo meses depois a história não sai da minha cabeça e eu penso mais nesse livro do que em qualquer outro que eu tenha lido esse ano. Só isso faz valer um lugar na lista, né?

 

5° – A Culpa é das Estrelas, John Green
Finalmente me rendi e entendi todo o barulho que o nome John Green faz. Sim, ele escreve muito bem e sim, esse livro é F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O. Não vejo a hora de ler outros dele, especialmente “Will Grayson, Will Grayson” que ele escreveu em parceria com o Levithan!!

 

Piores:

1° – O Substituto, Brenna Yovanoff
Eu quis ler esse livro por causa da capa. Sim, admito que ele já estava na minha wishlist antes mesmo de eu ler a sinopse. Mas, uau, que decepção. O enredo é fraco, a escrita é pobre e não sei nem como começar a descrever os personagens. O livro que mais sofri pra terminar esse ano e que com certeza é o pior que li em 2012.

 

2° – Carnaval, Luiza Trigo
O livro é fininho, a capa é bonita, então por que não arriscar? Porque o livro não tem história, apenas. Seria ótimo como um conto, mas como livro acabou ficando cheio de repetições e pouca coisa acontecendo. Apesar de ter pouquíssimas páginas, eu cogitei abandonar esse livro mais de uma vez (toda vez que pegava pra recomeçar a leitura, na verdade).

 

JESIMIEL

JESIMIEL
15 anos, São Paulo
Leia todos os posts dele

 

Melhores:

1° – Estilhaça-me, Tahereh Mafi
Estava lendo muitos comentários positivos sobre esse livro, fiquei curioso e depois da resenha aqui no blog, não consegui não ler. Mesmo tendo me decepcionado com o final, eu realmente gostei da história desenvolvida por Tahereh Mafi, principalmente da narração em 1ª pessoa, que mesmo com repetição de palavras, me surpreendeu, tanto que eu em senti na mente da personagem. E é claro, sempre simpatizo com personagens sofridas.

 

2° – Divergente, Veronica Roth
Mesmo tendo me decepcionado, graças a minha grande expectativa, Divergente fica entre as minhas melhores leituras do ano, pois conseguiu me prender a ponto de ler sempre que tivesse um tempo sobrando. O gancho para o próximo livro foi bom e estou até um pouco ansioso para ler Insurgente (Volume 2), que dizem ser melhor que Divergente, além da adaptação cinematográfica (provavelmente irei na estreia).

 

O Portal3° – O Portal, Eliane Raye
Em um ano que não tive muito tempo para ler, poucos livros conseguiram me surpreender. Comecei a ler O Portal com um pouco de expectativa e me surpreendi positivamente. Foi um livro que eu não conseguia parar de ler, pois o suspense me mantinha curioso para saber o que aconteceria. Senti falta de um vilão cruel e um melhor gancho para a continuação, mas mesmo assim é uma das minhas melhores leituras do ano.

 

Piores:

Jesimiel tem bom coração e não elegeu nenhum livro para os piores (ou isso ou ele tava sem tempo, como disse)

 

THAIS

THAIS
21 anos, São Paulo
Leia todos os posts dela

 

Melhores:

Fazendo meu filme 41° – Fani em busca do final feliz  – Fazendo meu filme 4, Paula Pimenta
Eu simplesmente surtei esperando o ultimo livro da série e, quando finalmente saiu, eu li o livro em uma tacada só. A gente sempre espera o final de uma série, e o final de FMF foi simplesmente fantástico! Melhor leitura de 2012.

 

2° – A Seleção, Kiera Cass
Alguma coisa, eu não sei exatamente o que, fez com que eu me encantasse com esse livro. Pode ter sido a temática de princesa, ou a história, mas eu viciei, e já reli ele milhares de vezes.

 

TheGoldenLily3° – The Golden Lily, Richelle Mead
O Segundo livro da série Bloodlines (spin-off de Vampire Academy), é simplesmente maravilhoso!!! Superior ao primeiro e com todo o carisma e charme de Adrian!

 

4° – Fiquei com o seu número, Sophie Kinsella
Falar que amei o livro é pouco, com certeza foi um dos mais divertidos que li esse ano! Me identifiquei completamente com a personagem e seu vicio por aparelhos eletrônicos.

 

5° – Cinquenta tons de cinza, EL James
Que atirem pedras em mim, mas eu amei a série e não nego! Ajudou o fato de ter lido a trilogia bem antes de ser lançada no Brasil e criar esse boom de leitores, e sim, eu me apaixonei por Christian Grey.

 

Piores:

casamento-de-conveniencia1° – Casamento de conveniência, Georgette Heyer
Para um romance histórico, faltou o dito romance e sobrou passagens chatas e diálogos excessivos. Resultado: pulei diversas páginas do livro e peguei raiva da autora.

 

Amor-fora-de hora- Katarina- Mazetti2° – Amor fora de hora, Katarina Mazetti
A autora tinha uma história perfeita, e o que que ela fez? Destruiu o livro inteiro, transformando personagens em chatos, com diálogos e relacionamentos horríveis, culminando num final digno de eu ter ido na livraria trocar o livro que ganhei porque nem fazia questão de ter ele na minha estante.

 

Uma proposta irrecusável3° – Uma proposta irrecusável, Jill Mansell
Ir cheia de expectativas para o livro e quebrar a cara foi o que aconteceu. E posso incluir o outro livro da autora, “Dizem por aí”, que também não é lá essas coisas. A sinopse vende um romance entre dois personagens e a autora desenvolve todos os personagens coadjuvantes e esquece dos principais, assim como esqueceu também do romance.

 

4° – Nick e Norah – Uma noite de amor e música, Rachel Cohn, David Levithan (obs: a resenha linkada é minha, oi Cibele prazer, por isso a opinião é diferente da que a Thais deixou aqui)
Achei o livro extremamente chato e entediante, com as atitudes dos personagens muito forçadas, não funcionou para mim.

 

CAMILA

CAMILA
24 anos
Leia todos os posts dela

 

Melhores:

febre-negra1° – Febre Negra, Karen Marie Morning
Na época do lançamento do livro, a editora ficava tuitando uma frase sem parar para anunciar o livro: “Um bom dia é aquele em que não há ninguém tentando te matar. Ultimamente não vem sendo fácil ter um bom dia”, eu confesso que a frase funcionou comigo, eu simplesmente precisava do livro, e não me decepcionei, o livro foi muito bom, toda a mitologia em torno dos Fae e suas castas. E os dois personagens principais me conquistaram, tanto a Mac que amadurece muito durante o livro como o Barrons com seu jeito misterioso e bad-boy me fizeram avançar as páginas em um ritmo alucinante, sem contar as várias cenas cômicas e de vergonha alheia.

 

2° – O Circo da Noite, Erin Morgenstern
Esse livro foi fantástico e surpreendente, me apaixonei pelo circo e suas tendas, pela magia que acontecia toda noite, e até pelo duelo nada convencional travado pela Célia e pelo Marco, que confesso foi um pouco confuso de entender, se é que entendi as regras, mas desde Hogwarts que eu não queria tão desesperadamente entrar em um lugar de livro, mas confesso que adoraria me perder entre as tendas do Circo da Noite, nem que fosse apenas por uma noite.

 

anjo-mecanico3° – Anjo Mecânico, Cassandra Clare
Eu adoro Instrumentos Mortais da Cassandra Clare, mas acho que Anjo Mecânico foi muito melhor. O ainda não tão conhecido estilo steampunk ganha o leitor fácil e sem precisar de tantas explicações como um primeiro livro normal, por isso a leitura flui melhor, e em plena Londres do século XIX (que é um charme) conhecemos o marrento Will (característica pré-determinada de personagens da Cassandra Clare), a determinada Tessa e o fofo do Jem. Para quem gosta da série não tem como não amar.

 

PrazeresMalditos4° – Prazeres Malditos, Laurell K. Hamilton
Anita Blake é a melhor, conhecida como a Executora entre os vampiros e ressuscitadora de zumbis em tempo integral, de vez em quando investiga alguns casos sobrenaturais para a polícia. Ela é a garota que não precisa de um cara para ajudá-la, com muita ação e uma pitadinha de romance, Anita Blake conquistou meu coração. A capa não é muito chamativa – aliás é horrorosa – e a capa americana também não fica atrás, e como as publicações são da Rocco os preços são salgados, mas a história compensa e como compensa.

 

Estudos-sobre-veneno5° – Estudos Sobre Veneno, Maria Snyder
Yelena recebe uma chance de não ir para a forca ao se tornar a mais nova provadora de comida do comandante. Não é uma perspectiva muito boa, mas com certeza é melhor do que ir para a forca, e ela se agarra com unhas e dentes a essa chance. Yelena Zaltana é uma mulher de fibra, que de ratazana na prisão conseguiu ganhar o respeito e até a admiração daqueles que a cercam.

 

Piores:

1° – Por isso a gente Acabou, Daniel Handler
Ouvi falarem muito bem desse livro, por isso quando tive a oportunidade de comprá-lo acabei não pensando duas vezes, mas não gostei do livro, não simpatizei com a Min e achei a história arrastada, mas não é que o livro é mal escrito ou ruim, simplesmente acho que não funcionou comigo, e por isso está na lista dos piores do ano.

 

Tempest by Julie Cross2° – Tempest, Julie Cross
Comprei esse livro super empolgada com toda a história de viagem do tempo, mas o livro é terrivelmente confuso (deve ser essa coisa de viagem no tempo) e várias vezes me senti perdida e sem entender muito bem onde a autora estava querendo chegar. Demorei uma eternidade para ler o livro inteiro, porque sempre que pegava só conseguia ler um ou no máximo dois capítulos. A avaliação dele no Skoob é super boa, por isso acho que é mais um livro que não funcionou para mim. #DoContra.

 

LARISSA

LARISSA
21 anos
Leia todos os posts dela

 

Melhores:

Esposa-221° – Esposa 22, Melanie Gideon
Vi a capa no twitter da Intrínseca, li a sinopse e pensei, PRECISO DESTE LIVRO. Não sosseguei até adquiri-lo. Extremamente moderno, faz uma crítica bem humorada aos desgastes dos relacionamentos, entre pais e filhos, casais e amigos, pós-entrada das redes sociais nas nossas vidas.

 

cosmopolis2° – Cosmópolis, Don DeLillo
Comecei a ler apenas porque o Robert Pattinson iria fazer o filme, mas quando comecei, fui pega pela mente hiperativa e excêntrica de Eric Packer. Um livro que foge muito do meu estilo habitual de leitura, mas que me prendeu pelas conversas inteligentes e pouco comuns entre os personagens, e cenas extremante descritivas.

 

sempre-forever3° – Sempre (Forever), J.M. Darhower
Máfia Italiana e escravidão branca. O tema pouco explorado, é cativante neste romance, que fala de uma menina fruto de um estupro e escravizada pelo próprio pai, que é resgatada/comprada por outro membro da máfia, que apesar de tratá-la mais humanamente não lhe concede a liberdade.

 

4° – Vampire Academy/Bloodlines, Richelle Mead
Já acostumada com os “diferentes” vampiros de Crepúsculo, fiquei com o pé atrás antes de começar, mas me apaixonei. Não sei explicar porque, mas tanto a Rose com o Dimitri, quanto o casal de Bloodlines, me pegaram sem explicação.

 

Mágica em Manhattan - Feitiços e Sutiãs5° – Série Mágica em Manhattan, Sarah Mlynowski
Peguei por curiosidade uma sinopse que me lembrou muito de Sabrina Aprendiz de Feiticeira (que eu amo) e o diferencial é que a irmã da protagonista é a bruxa. Duas adolescentes bem típicas que me fizeram retornar pra quando eu tinha meus 14 anos. Colégio, garotos, problemas familiares, e a bruxaria recém descoberta. Fofo, extremamente divertido. Um chick-lit teen perfeito.

 

Pior:

livro_marcada1° – Série House Of Night, P.C. e Kristin Cast
Confesso que li todos os lançados até então, pois estavam na minha lista há um tempo e quando uma amiga me emprestou os 5 primeiros, comecei, sempre com aquela fé de melhorar no próximo, mas além de uma história fraca, as autoras simplesmente arrastam o enredo por 9, 10 livros que poderiam ser reescritos em 2 no máximo 3. Para mim é um caso clássico de “fez sucesso, vamos enrolar pra ganhar mais dinheiro”.

 

MATHEUS

MATHEUS
17 anos, Santa Catarina
Leia todos os posts dele

 

2012 de fato foi um ano super turbulento. Iniciado com alguns problemas familiares, também foi meu último ano no ensino médio, o que trás em consequência muito estudo e preparação para vestibulares e a nova fase que se inicia em minha vida em 2013, a universidade. De fato, graças a tanto estudo e vários outros fatores, eu me desliguei da vida e me concentrei nas minhas metas, graças a isso, fui muito bem recompensado com as minhas conquistas. Infelizmente, minhas leituras ficaram para trás na lista de prioridades, o que resultou em apenas 20 livros lidos até agora. Dentre eles muitos foram bons e outros nem tanto, mas três se destacaram como melhores e um foi uma grande decepção literária.

Melhores:

1° – As vantagens de ser invisível, Stephen Chbosky
Eu realmente não me canso de falar bem desse livro. Além de ter sido o melhor livro lido em 2012, é o melhor livro lido em toda a minha vida. As vantagens de ser invisível nada mais é que um arquivo de cartas emocionantes em que um personagem conta sua rotina. Parece simples, mas todas essas cartas são recheadas de emoções e sentimentos que conquistarão o leitor. É um livro que pode ser descrito como: perfeitamente belo. Imperdível.

 

2° – A garota que perseguiu a lua, Sarah Addison Allen
Sarah Addison Allen sabe como escrever um romance contemporâneo com um leve toque sobrenatural como ninguém jamais saberá. Mullaby, uma cidade estranhamente intrigante onde nada é o que parece, é onde toda a história acontece. O livro tem vários personagens, e todos têm suas histórias contadas como se fossem protagonistas, todos são importantes. A garota que perseguiu a lua é um livro de capa linda, surpreendente bom e que consegue superar todas as expectativas. Mágico. 

 

3° – A culpa é das estrelas, John Green
Quando o assunto principal do livro é doença eu fico com um pé atrás, porque simplesmente odeio livros melodramáticos, mas A culpa é das estrelas foi magnífico. Hazel e Augustus formam o casal mais apaixonado que já “conheci” nos livros que li. Eles realmente se amam e isso é indiscutível. O final é triste, mas fez o livro ser ainda melhor. Créditos para o John Green que escreveu uma história mais que apaixonante. Amável.

 

Pior:

1° – Pequena abelha, Chris Cleave
Quando leio um livro com muitas expectativas é quase certo que vou me decepcionar, porque o livro não pode ser menos que perfeito. O que aconteceu com Pequena abelha não foi diferente. O livro é muito bonito, e passa muitas lições de vida ao leitor, no entanto alguma coisa ficou faltando. Pequena Abelha tem a sinopse que mais desperta a curiosidade e acende as expectativas do leitor que eu já vi. Marketing. No entanto a história é como um balde de água fria em nossas cabeças. Não que esse tenha sido o pior livro do ano, só não foi tão bom quanto eu esperava. Decepcionante.

13
comentários



  • Idalina
    28/12/2012 # 22:33:38

    Tem 3 na lista q quero muito, um avaliado como melhor e dois como piores, :( mas assim mesmo quero lê-los para tirar minhas conclusões.

    Responder

    • Larissa
      28/12/2012 # 22:40:21

      Quais?

      Responder

      • Idalina
        28/12/2012 # 22:46:19

        Quero ler A Culpa é das Estrelas, Tempest, Nick e Norah.
        Tem também As Vantagens de ser Invisível…
        E Já li House of Night e acho q a série está se estendendo demais tb :)

        Responder

        • Larissa
          28/12/2012 # 22:52:06

          As Vantagens de Ser Invisível > LER A CULPA É DAS ESTRELAS.

          Os outros 2 não conheço.

          Responder

  • Thais
    28/12/2012 # 22:40:23

    Curiosidade de ler A sociedade secrete…. todo mundo fala bem, mas da uma preguiça por ser uma série.

    Responder

    • Cibele Ramos
      28/12/2012 # 22:41:40

      Sociedade secreta é amor demais! Vale dar uma chance.

      Responder

      • Thais
        28/12/2012 # 22:42:47

        eu desanimo só por saber que o livro é série…. o povo não sabe parar de escrever livros de série. Mais de 3 já da desanimo.

        Responder

        • Larissa
          28/12/2012 # 22:53:55

          Ta chato mesmo. Muitos eu acho que é necessário, outros tanto acho que é pra ganhar dinheiro. Mas quando vc lê um livro e não tem sequencia e você quer D:

          Terminei de ler 3 metros acima do céu, depois de mandar meus melhores, piores, se não ia pra melhores. Eu simplesmente quero mais.

          Responder

  • Denise Ayres
    29/12/2012 # 08:48:01

    Ci??

    Bones<3

    Mais nada a dizer!

    Responder

  • Hélen
    30/12/2012 # 12:16:38

    Tb tenho vontade de ler Cosmopolis só pq o filme é com o Robert, mas nem assisti o filme. rsrsrsrs Disseram q é um livro um pouco sem noção.
    Ameii “A caminho da sepultura” e pretendo ler “A culpa é das estrelas”.

    Responder

    • Larissa
      01/01/2013 # 10:49:23

      As pessoas confundem “excentricidade” com sem noção, o livro é apenas complexo, a narrativa é diferente dos romances que estamos acostumados a ler.
      O filme é 98% fiel ao livro, mas indico ler o livro antes, pra não ficar com cara de tacho no filme. Pq o livro ajuda a entender muita coisa. Beijos

      Responder

  • Isabela Silva
    31/12/2012 # 20:04:05

    A culpa é das estrelas foi um dos melhores que li esse ano também. Eita livro perfeito que dá vontade de reler assim que termina a leitura. Eu desisti da série House Of Night, aguentei 6 livros com a Zoey trocando de cara a cada capítulo. Fiquei tão triste por não ter curtido As vantagens de ser invisível, eu queria muito que esse livro estivesse na minha lista de favoritos.
    Fiquei chocada em ver Por isso Agente Acabou na lista de piores, esse livro está no topo da minha lista de desejados. Nunca vi alguém achar ele ruim.
    Estou com o primeiro livro de Vampire Academy aqui para ler, vai ser minha próxima leitura :)
    Estou loooouca para ler Fiquei com o seu número, sinto falta dos livros da Sophie, faz um tempão que não leio um livro dessa autora maravilhosa.
    A série Sociedade Secreta é outra que está criando teia de aranha na minha lista de desejados, eita livrinho caro esse. Sempre acabo tirando ele do carrinho e comprando dois no lugar.
    Divergente com certeza será uma das minhas leituras de 2013!! \o

    Responder

  • Raquel Rauber
    02/01/2013 # 14:17:44

    Eu quero:
    A culpa é das Estrelas;
    A seleção;
    A garota que perseguiu a lua;
    A caminho da sepultura; e
    Anjo Mecânico.

    Mas ainda tenho uma fila de livros em casa e estou conseguindo me abster de comprar mais até, pelo menos, diminuir a pilha. Estou numa vibe super “só por hoje não vou comprar livros…”

    Responder

Deixe um comentário

*